Uso de drones para pulverização de lavouras

Uso de drones para pulverização de lavouras

PARTILHAR
Drone de pulverização da Coopercitrus

Com o equipamento, a aplicação de insumos e defensivos ocorre diretamente na planta afetada por pragas e sem contato humano. Veja!

Ao participar nesta quinta-feira (1º) do Fórum de Modelos Financeiros para o Agronegócio, em Bebedouro (SP), promovido pela Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais, a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) conheceu um programa digital da cooperativa que envolve o uso de drones.

De acordo com o serviço oferecido pela cooperativa, as lavouras são mapeadas via drones, satélites e outras tecnologias, o que permite ao produtor identificar falhas em locais de difícil de acesso da plantação. Por meio do mapeamento, é possível verificar áreas atingidas por pragas e ervas daninhas, por exemplo.

Neste caso, os drones passam a ser usados para pulverizar as propriedades. Com um plano de voo delimitado, o aparelho solta gotas de defensivos somente nas plantas afetadas e mapeadas, com aplicação do produto de forma pontual e sem contato humano.

Segundo a cooperativa, a técnica reduz o custo da produção, diminui o uso de insumos e defensivos agrícolas e aumenta a produtividade. A pulverização por meio de drones já foi aplicada em mais de mil hectares de plantação de cana-de-açúcar, conforme a cooperativa.

Após conhecer a técnica, a ministra informou que pretende apresentar o projeto em audiência pública na Câmara dos Deputados sobre defensivos agrícolas. “Isso [drones] não é apenas para grande produtor. Vocês estão usando com seus cooperados, que não são produtores enormes, latifundiários. Quero mostrar o drone passando exatamente no local onde é necessário”, disse Tereza Cristina.

Com mais de 35 mil associados, a Coopercitrus é uma das maiores cooperativas do país na comercialização de insumos, máquinas e implementos agrícolas. São 60 filiais distribuídas por municípios de São Paulo, Minas Gerais e Goiás.

Fonte: Mapa

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com