Venda de carne suína para a China está fortalecida

Venda de carne suína para a China está fortalecida

PARTILHAR
piglet_cute_animals_sweet_pigs_young_mammal_young_animals-929429
Foto Divulgação.

Em relação a março de 2017, a variação de vendas da carne suína para o país alcança 178%, registrando 13,6 mil toneladas no mês passado.

O mercado suinícola brasileiro assumiu posição principal como exportador de carne suína para a China, afirma Ricardo Santin, vice-presidente de mercados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

“O bom ritmo também foi registrado em Hong Kong, com elevações de 58%. Com as questões comerciais entre chineses e os Estados Unidos, há expectativa de que estes números cresçam ainda mais, retomando, aos poucos, o antigo ritmo de embarques, diminuindo as perdas causadas pela suspensão das vendas para a Rússia”, analisa Santin.

Balança Comercial

As vendas de carne suína in natura totalizaram 48,3 mil toneladas em março, volume 11,9% inferior as 54,8 mil toneladas registradas no mesmo período de 2017. Em receita, a retração foi de 26,8%, com US$ 101 milhões no terceiro mês deste ano, contra US$ 138,3 milhões em março do ano passado.

No acumulado de 2018, os embarques alcançaram 129,3 mil toneladas, número 15,8% inferior as 153,4 mil toneladas obtidas no primeiro trimestre de 2017. No mesmo período, houve retração de 24,6% em receita, com US$ 275,6 milhões em 2018, e US$ 365,5 milhões no ano passado.

Por Suinocultura Industrial

-- conteúdo relacionado --
Brasil vai alcançar 25% das exportações globais de... As previsões extraídas do último relatório da OCDE/FAO (Agricultural Outlook 2016/2025) sustentam que o Brasil vai alcançar 25% das exportações globai...
Índia vai importar do Brasil embriões bovinos e su... Abertura do mercado foi comunicada pela autoridade sanitária indiana nesta terca-feira (17) A autoridade sanitária da Índia oficializou a importação ...

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com