Vereador quer a proibição de todos eventos com animais no interior paulista,...

Vereador quer a proibição de todos eventos com animais no interior paulista, inclusive rodeio

PARTILHAR
Foto: André Monteiro

O projeto de lei do vereador Mehde Meidão da cidade de Votuporanga proíbe a utilização de animais de qualquer espécie para fins de entretenimento.

Uma proposta que está em trâmite na Câmara Municipal de Votuporanga interior do estado de São Paulo promete dar o que falar. O projeto de lei proíbe a utilização de animais de qualquer espécie para fins de entretenimento. Se aprovada, a proposta do vereador Mehde Meidão Slaiman Kanso (PSD) proíbe a utilização de animais de qualquer espécie para fins de entretenimento em festas dos peões e rodeios.

Com a medida listamos os eventos que não poderão mais ocorrer:

  • Circos;
  • Festas de peões;
  • Rodeios;
  • Touradas;
  • Vaquejadas;
  • Farras do boi;
  • Laçadas de bezerro;
  • “Fut Boi”;
  • Pega-do-garrote;
  • Laço em dupla (team roping);
  • Calfroping (laço do bezerro);
  • Team Penning;
  • Bulldogging;
  • Bullriding;
  • Sela Americana (saddlebronc);
  • Bareback;
  • Cutiano;
  • Bullriding;
  • e eventos similares.

A proposta não se aplica a eventos como leilões, exposições de animais, cavalgadas e hipismo.



Segundo Meidão, a medida tem o intuito de evitar que animais sejam objeto de abusos e maus-tratos durante a realização de eventos de entretenimento como circos, festas de peões, rodeios, touradas, vaquejadas, farras do boi, laçadas de bezerro, entre outros. Ainda conforme o parlamentar, o projeto “atende aos anseios de nossa comunidade que cada vez mais quer a proteção dos animais de todas as espécies”.

O vereador destaca que é notório o efeito traumático causado aos animais durante a realização dos eventos, onde eles ficam extremamente em situação de estresse. “Entendemos ser pertinente que o Poder Público Municipal faça sua parte promovendo a proteção desses animais no âmbito local, garantindo a preservação de sua vida em todos os aspectos”, apontou o legislador.

Adaptado do site acidadevotuporanga.com.br – Daniel Castro