Vídeo mostra atirador fazendo controle antropogênico de javaporcos

Vídeo mostra atirador fazendo controle antropogênico de javaporcos

PARTILHAR

O aumento populacional descontrolado do javali ou javaporco (cruzamento do javali selvagem com o porco doméstico – igualmente nocivo) tem causado graves prejuízos ambientais, econômicos e já é considerado por especialistas uma ameaça à saúde da população em todo o território nacional.

O javali é originário da Europa e foi introduzido no Brasil com autorização do Ibama para a criação no fim da década de 1980 e início de 1990. Extremamente agressivo, o animal não possui predadores naturais e se reproduz em velocidade espantosa – cerca de duas a três vezes por ano. Varas de javalis fugiram dos criadores, outros foram soltos, o que ocasionou o descontrole da espécie. Diante da situação alarmante, a instrução normativa nº03/2013 do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) decretou a nocividade do animal e autorizou o abate para controle populacional no Brasil.

javaporco manada

Vídeo mostra atirador fazendo controle biológico dos animais em fazenda.

Ibama autoriza o abate de javalis e de javaporcos em todo o país.

Sem predador natural, animais estão presentes em vários estados. Eles representam um grande prejuízo para os agricultores.

De hábito noturno, o javaporco só anda em bando e causa muito prejuízo por onde passa. Em poucos minutos tudo fica destruído no ataque a uma plantação.

Para conter o crescimento populacional, o Ibama autorizou o abate do animal em todo o território nacional, mas os produtores rurais devem obedecer algumas normas antes da caça. Clique aqui para mais informações.

O javaporco abatido não pode ser transportado de um lugar para outro, a carne do animal também não deve ser consumida, nem comercializada. “Não é uma caça, é um controle populacional”, explica Eliseo Ribeiro, chefe do escritório do Ibama de Assis.

Link para o site do Ibama onde consta as informações

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.