Vídeo: Touros morrem após briga, imagens fortes!

Vídeo: Touros morrem após briga, imagens fortes!

PARTILHAR
Foto Divulgação.

A briga por hierarquia entre os animais é algo extremamente comum na natureza, entretanto as fatalidades podem ocorrer, nesse caso os touros tiveram um final trágico.

Normalmente, as brigas acontecem por causa de território. No caso desses touros, a briga pela dominância, ou seja, por causa das matrizes que estão no CIO é extremamente comum e quem é do meio sabe disso. Os animais possuem muita força, devido ao seu tamanho e peso.

O caso aconteceu em uma propriedade e não foi possível chegar a tempo para separar os animais, infelizmente eles vieram a óbito no local onde aconteceu a briga. Pelo que mostra as imagens, os animais eram grandes e tentavam mostrar quem era mais forte. Confira as imagens e entenda mais sobre o assunto!

Os cuidados no manejo desses animais é sempre recomendado e devem ser seguidos, já que esses animais podem atacar também os peões durante a estação de monta. Buscar a divisão de lotes, também é um método para evitar esse tipo de briga.

Lembre-se, ao chegar com um animal novo na propriedade, principalmente machos, esses devem passar por uma adaptação antes de ser colocado junto ao lote, esses animais são temperamentais. Evitar a sobrecarga e o estresse, também é uma prática que ajuda a evitar acidentes.

Durante a observação do rodeio de cria é fundamental a observação da hierarquia entre os touros, pois estes podem ser dominantes ou dominados e isso comprometer o desempenho na monta. Esses fatores fazem parte do comportamento animal e devem ser levados em conta.

Entre touros de dois anos a hierarquia é instável e demora mais tempo para ser equilibrada, ou seja, estes touros brigam mais quando não pertencem ao mesmo lote de origem. Já, nos touros adultos ela se estabiliza mais facilmente, e normalmente quando distribuídos nos lotes de vacas não ocorrem muitas disputas.

Confira o vídeo divulgado pelo Pecuária Sustentável, no Instagram:

Fatores que determinam a hierarquia:

  • Tempo de permanência do touro na propriedade determina dominância dos mais velhos;
  • Touros muito jovens ou muito velhos são dominados;
  • Touros mais pesados são dominantes;
  • Touros aspados são dominantes frente aos mochos.

Não coloque no mesmo lote de vacas touro aspado com touro mocho. Touro de elevado tamanho com touro jovem. Separe os dominantes ou deixe em lotes pequenos de vacas ou com outros touros que não são dominados.

Cuidados com o manejo de touros

Comprar bons touros não é uma tarefa difícil, mas sua permanência na fazenda requer alguns cuidados. Para garantir que os animais expressem todo seu potencial reprodutivo é muito importante planejar corretamente o manejo para evitar estresse dos animais, traumas e perda de produtividade.

O primeiro passo é verificar se os animais sofreram algum tipo de trauma durante a viagem. Se isso acontecer é preciso entrar em contato com o fornecedor para informá-lo do acontecimento para que as providências sejam tomadas. Além disso, antes de colocá-los em serviço é necessário promover um estágio de adaptação de, em média, duas semanas em pastagem de boa qualidade, sal mineral e água em abundância. Esse período é importante para que os touros se recuperem da viagem e para que se adaptem ao novo ambiente.

A relação touro x vaca apregoada pela literatura especializada é de 1:30. Essa proporção é ideal para que cada reprodutor expresse seu potencial sem disputas e sem perdas de cio, gerando bons resultados econômicos.

Durante o período da monta, é importante verificar se os touros estão brigando por causa das fêmeas. O estresse causado por esse problema pode interferir no potencial reprodutivo, além da possibilidade de machucar o animal. A CFM recomenda que os produtores formem lotes homogêneos de touros, de preferência da mesma idade, e fechem rodeio regularmente para que os animais identifiquem facilmente as fêmeas no cio. O rodeio também é importante para identificar se há algum animal com problemas no lote. Animais sodomizados devem ser substituídos e encaminhados para outro lote.

Outros vídeos

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com