Vídeos: como ter partos múltiplos em ovelhas Santa Inês

Vídeos: como ter partos múltiplos em ovelhas Santa Inês

PARTILHAR
caprinos
Tecnologia permite partos de maior número de cordeiros - Foto: Ivan Marinovic Brscan

Pesquisadores descobriram que isso é possível, ou seja, alguns animais possuem maior taxa de ovulação, permitindo a geração de mais cordeiros.

A Embrapa Tabuleiros Costeiros divulga vídeos, em sua parceria com a TV Aperipê, de Sergipe, que mostram a possibilidade de fazer com que ovelhas da raça Santa Inês possam ter partos múltiplos de cordeiros. Isso faz com que os produtores da raça possam aumentar seu rebanho, pois as ovelhas normalmente geram apenas um cordeiro. 

Os vídeos mostram que isso é possível porque pesquisadores da Embrapa detectaram que certas ovelhas têm uma alteração natural no gene GDF9 (Growth Differentiation Factor 9) que aumenta a taxa de ovulação e, consequentemente, permite a geração de mais cordeiros.

As ovelhas com uma variante genética (FecGE) têm uma taxa de ovulação 82% maior que as outras que não possuem essa alteração.   


Entrevista com o pesquisador Hymerson Azevedo, da Embrapa Tabuleiros Costeiros

É possível detectar essa variante genética por laboratório.  Sendo assim, o pesquisador Hymerson Costa Azevedo e sua equipe passaram a coletar e analisar amostras de sangue de inúmeros animais de várias gerações do Núcleo de Conservação de Ovinos Santa Inês, do Campo Experimental Pedro Arle, da Embrapa Tabuleiros Costeiros, localizado no município de Frei Paulo, no agreste central sergipano.

“Com o acasalamento intensivo desses animais, a cada geração haverá um aumento gradativo da produção de crias no rebanho”, acredita o pesquisador Hymerson.

O exame de laboratório foi desenvolvido pela Embrapa e está disponível para laboratórios de genética. A metodologia de genotipagem  foi desenvolvida pelos pesquisadores Samuel Paiva e Eduardo Melo, da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (DF). 


Reportagem do quadro Sempre em Dia do programa  Dia de Campo na TV, da Embrapa

Fonte: Embrapa

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com