Volume exportado cai, mas preço da carne em R$/t é recorde

Volume exportado cai, mas preço da carne em R$/t é recorde

PARTILHAR
Foto: Confinamento Monte Alegre. (Reprodução: CompreRural)

Em junho, o volume de carne bovina in natura exportado pelo Brasil foi de apenas 54,4 mil toneladas, o mais baixo desde janeiro/11, de acordo com dados da Secex.

O preço recebido em Reais pela tonelada da carne brasileira, no entanto, superou os R$ 19 mil no mês passado, um recorde, o que, por sua vez, amenizou a queda na receita total de junho.

De acordo com pesquisadores do Cepea, a baixa quantidade de carne embarcada no mês passado pode estar atrelada à greve dos caminhoneiros no final de maio, que impediu que cargas saíssem dos frigoríficos e entrassem nos portos.

Além disso, o preço da tonelada da carne brasileira em patamar recorde também pode ter limitado as compras por parte de alguns países, já que reduz a competitividade da proteína nacional.

Quanto ao mercado interno, valores bastante dispersos têm sido relatados no mercado de animais para abate neste início de julho, refletindo a efetivação de negócios diferenciados.

Entre 27 de junho e 4 de julho, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa do boi gordo subiu 0,17%, a R$ 139,50 nessa quarta-feira, 4.

Fonte: Cepea

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com