Wagyu busca fatia do mercado da América do Sul

Wagyu busca fatia do mercado da América do Sul

PARTILHAR
cortes-carne-supremos-conheca-famosa-carne-wagyu
Foto Divulgação.

O Japão está promovendo sua estimada carne de wagyu na América do Sul, na esperança de tornar os cortes premium tão famosos quanto pratos como sushi e ramen.

A Organização de Comércio Exterior do Japão (Jetro) e a Makoto, uma operadora americana de restaurantes japoneses de alto padrão, concordaram na terça-feira em colaborar no esforço em países como o Brasil e a Argentina. O Wagyu será servido em um restaurante que Makoto está planejando abrir em São Paulo. Ao colocar a carne bovina japonesa no cardápio de um renomado restaurante, a organização do comércio espera que isso aconteça.

A carne bovina é um alimento básico na América do Sul, mas as pessoas comem principalmente carne magra e são menos familiarizadas com o wagyu, mais tenro e gordo.

O preço alto será um obstáculo, mas a qualidade do wagyu será aceita pelas pessoas mais abastadas, disse Luigi Cardoso, chef da Makoto.

No mesmo dia, Jetro e o consulado geral do Japão em São Paulo realizaram um evento para os meios de comunicação demonstrarem como cozinhar a carne.

No ano passado, o Brasil suspendeu a proibição de importação de carne bovina japonesa, mas as importações para fins comerciais ainda não começaram.

A Argentina, cujo consumo per capita de carne bovina está entre os mais altos do mundo, já importa o wagyu, mas a Jetro está buscando aumentar sua popularidade.

Fonte: Nikkei, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com