Zootecnista é uma das vítimas de triplo homícidio no Maranhão

PARTILHAR
ricardo-alves-de-araujo-1
Foto: Divulgação

Um jovem zootecnista buscando seu espaço, com mais de 40 publicações em revistas científicas e foi finalista do Prêmio Fapema 2020; autor dos disparos ainda é desconhecido

A Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ) emitiu uma nota de pesar lamentando o falecimento do zootecnista Ricardo Alves de Araújo, de 32 anos, ocorrido nesta quarta-feira (8) próximo a Vargem Grande, Maranhão. Profissional em ascensão, Ricardo era professor da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) campus Itapecuru, no curso de Gestão em Tecnologia do Agronegócio. Ele era responsável pelas disciplinas de Zootecnia Geral; Tecnologia, Meio Ambiente e Competitividade; Administração e Uso Integrado da Propriedade Agrícola e Economia Rural. Doutor em Zootecnia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), tinha mais de 40 publicações em revistas científicas.

Sobre o crime

No início da tarde de quarta-feira (8), três homens que estavam em um carro foram mortos após o veículo ser alvejado com vários tiros na BR-222, na região do Povoado Leite, em Vargem Grande, a cerca de 152 km de São Luís. Segundo a Polícia Civil, o veículo recebeu ao menos 10 disparos. Ainda não há informações do que teria motivado o crime. As vítimas foram identificadas como Francisco Ferreira Monteles Júnior, de 35 anos, taxista; Ricardo Alves de Araújo, de 32 anos, professor universitário; e Max Riccelle Pereira de Sousa, de 30 anos, que trabalhava com manutenção de computadores.

Foto: Reprodução

Todos os passageiros eram naturais de Chapadinha e estavam a caminho do município. “As primeiras informações de populares dizem que um outro carro interceptou o veículo onde estavam as vítimas e efetuou vários disparos. Uma das vítimas ainda tentou correr, mas foi executado na pista”, informou o delegado Saul Laurentino.

Uma das vítimas ainda foi socorrida, mas morreu no hospital. Um deles era veterinário e outro, conhecido como Júnior, era taxista. Os autores dos disparos ainda não foram identificados.

A UEMA Campus Itapecuru-Mirim emitiu nota de pesar pela morte do professor

A UEMA Campus Itapecuru lamenta profundamente a morte do Prof. Ricardo Alves de Araújo, hoje, 08/12/21. Prof. Ricardo era Zootecnista com mestrado em Ciência Animal e doutorado em Zootecnia. Professor Substituto da UEMA Itapecuru, do Curso de Gestão em Tecnologia do Agronegócio e responsável pelas disciplinas de Zootecnia Geral; Tecnologia, Meio Ambiente e Competitividade; Administração e Uso Integrado da Propriedade Agrícola e Economia Rural.

Um jovem doutor bastante produtivo, com mais de 40 publicações em revistas científicas e foi finalista do Prêmio Fapema 2020 – categoria jovem pesquisador. Nos deixa precocemente, vítima de uma fatalidade.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.