6 picapes ‘brutas’ que gostaríamos de ver no campo

PARTILHAR
RAM-3500
Foto: Divulgação

Selecionamos 6 picapes interessantes que ainda não chegaram ao Brasil; Lista traz modelos cogitados para o Brasil, como a Nova Volkswagen Amarok

Com vendas crescentes, o segmento de picapes poderia ser ainda maior no Brasil. Além de serem procuradas para uso profissional – principalmente em fazendas e locais de difícil acesso por agricultores e pecuaristas – as picapes também têm conquistado a atenção do consumidor urbano. Junto com os SUVs, as subcategorias de picapes compactas, médias e grandes concentram os principais lançamentos recentes do mercado.

No entanto, algumas montadoras oferecem no exterior modelos interessantes que já foram cotados para o Brasil, mas que infelizmente ainda não foram lançados no país. Selecionamos seis picapes que gostaríamos de ver nas ruas brasileiras e principalmente rodando na lama das estradas rurais do país, que não são poucas.

Nova Volkswagen Amarok

Nova Volkswagen Amarok
Foto: Divulgação

Lançada recentemente, a nova geração da Volkswagen Amarok não deve ser vendida no Brasil, para a infelicidade dos que adotaram ela como preferência na hora de comprar uma picape bruta. No seu lugar, teremos apenas uma profunda reestilização da atual picape, que é produzida na Argentina desde 2010. Totalmente renovada e com plataforma da nova Ford Ranger, a nova Amarok terá variantes com cabine simples ou dupla, além de diferentes opções de motores a gasolina ou diesel, incluindo um novo 3.0 V6 turbo diesel de 250 cv.

Nova Volkswagen Amarok
Foto: Divulgação

Por fora, a nova Volkswagen Amarok conta com design inspirado nos SUVs da montadora alemã. Na dianteira, ela traz faróis dianteiros com assinatura visual de LED. Já na lateral, os para-lamas da nova Amarok têm linhas musculosas, enquanto na traseira, as lanternas de LED invadem a lateral. No interior, o destaque fica para a nova central multimídia de 12’’ com orientação vertical.

Ford F-150 Lightning

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Revelada em 2021, a nova Ford F-150 Lightning já é sucesso de vendas nos EUA, e acumulou quase 200 mil reservas somente no último ano. A versão 100% elétrica da picape mais vendida do mundo segue a identidade visual das demais picapes da marca. Os faróis são interligados por uma barra de LED que percorre a parte superior da grade frontal. O destaque, no entanto, fica para o porta-malas de 400 litros sob o capô dianteiro.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Ford F-150 Lightning conta com dois motores elétricos. Juntos, eles oferecem uma potência combinada de até 571 cv e 1050 Nm. Já a versão de entrada oferece 432 cv. O alcance varia entre 370 km e 515 km. Por dentro, a F-150 elétrica traz central multimídia de até 15,5’’ e recursos de condução semiautônoma. A capacidade de carga é de até 907 kg. No entanto, a nova Ford F-150 Lightning ainda não tem previsão de chegada ao Brasil.

Chevrolet Silverado EV

Chevrolet Silverado EV
Foto: Divulgação

Principal concorrente da Ford F-150 nos EUA, a Chevrolet Silverado também ganhou recentemente uma versão 100% elétrica. Revelada em janeiro deste ano, a nova Chevrolet Silverado EV tem carroceria monobloco e é construída sobre a nova plataforma modular elétrica Ultium. Com autonomia estimada de até 640 km e mais de 670 cv e 1.000 Nm, a nova Chevrolet Silverado EV estreia nos EUA em 2023.

Chevrolet Silverado EV
Foto: Divulgação

De acordo com a Chevrolet, a nova Silverado elétrica terá até 4.535 kg de capacidade de reboque com até 590 kg de carga útil. Por dentro, a Silverado elétrica traz multimídia de até 17’’ e recursos de condução semiautônoma. Como a Chevrolet vai vender no Brasil os modelos Bolt, Bolt EUV, Equinox EV e Blazer EV, a nova Silverado EV pode ser um dos modelos elétricos em fase de estudo para chegar ao país em breve.

Hyundai Santa Cruz

Hyundai Santa Cruz
Foto: Divulgação

Principal rival da Ford Maverick nos EUA, a picape Hyundai Santa Cruz teria um enorme potencial de vendas no Brasil. Com um design ousado e carroceria monobloco, a primeira picape da montadora sul-coreana tem medidas entre a Fiat Toro e a Ford Maverick. Sob o capô, o modelo traz duas opções de motor, sendo a mais potente um motor 2.5 turbo de 275 cv e 420 Nm de torque, associado a um câmbio automatizado de 8 marchas com dupla embreagem.

Hyundai Santa Cruz
Foto: Divulgação

Já as versões de entrada trazem um motor 2.5 aspirado de 190 cv de potência, 244 Nm de torque e câmbio automático de 8 marchas. Sucesso de vendas nos EUA, a Hyundai Santa Cruz poderia ser vendida no Brasil pelas mãos da Hyundai Caoa, que poderia importar a picape, pois já faz isso com outros modelos da marca, e até pensar numa produção local em Anápolis (GO). No entanto, a picape ainda não tem previsão de chegada ao Brasil.

Honda Ridgeline

Honda Ridgeline
Foto: Divulgação

Pioneira entre as picapes médias monobloco, a Honda Ridgeline concorre com a Ford Ranger e Chevrolet Colorado nos EUA. Derivada do SUV Pilot, a picape da Honda já está em sua segunda geração. Todas as versões trazem o mesmo motor 3.5 V6 a gasolina de 284 cv associado a um câmbio automático de 9 marchas. A caçamba leva 1 tonelada de carga, e conta com tomadas de 110V e até mesmo um porta-malas com sistema de som integrado.

Por fora, a Honda Ridgeline recebeu modificações no design em 2020, ganhando um visual mais robusto do que o modelo anterior. A carroceria tem porte maior do que a Fiat Toro, com medidas mais próximas às da picape Toyota Hilux. No interior, o destaque fica para os bancos modulares, que podem ser recolhidos para oferecer mais espaço interno ou para levar cargas. Apesar disso, a Honda Ridgeline tem poucas chances de chegar ao Brasil.

Ram 3500

Foto: Divulgação

A Stellantis, empresa oriunda da fusão entre Fiat e Peugeot-Citroën, anunciou em agosto deste ano que apresentaria mais um produto da marca Ram no Brasil em novembro. A revelação não veio, mas existem rumores que os planos da fabricante para a gigante Ram 3500 continuam ativos. O lançamento deve ocorrer no segundo trimestre, com o motorzão Cummins V6 turbodiesel da irmã 2500 recalibrado para 420 cv e 148,6 kgfm. Resta saber se virá só em configuração com rodado traseiro simples ou duplo.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com