A carne bovina tem liquidez e rentabilidade

A carne bovina tem liquidez e rentabilidade

PARTILHAR
Pedro Crosara
Foto: Divulgação

Essa afirmação foi feita por Pedro Crosara, Presidente da ABCB Senepol, associada da Assocon.

A vida pecuária faz parte da rotina de Pedro Crosara, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol (ABCB Senepol) desde os seus cinco anos de idade, quando teve contato pela primeira vez com a boiada na propriedade de seu avô materno. Especialista em melhoramento genético, médico veterinário e experiente consultor técnico na área de avicultura, Pedro Crosara Gustin, 51 anos, é pecuarista há 18 anos e está à frente da administração da Estância Santa Luzia Senepol, de Monte Alegre de Minas (MG), cujo foco é criar soluções genéticas para somar resultados. A ABCB Senepol é associada da Associação Nacional da Pecuária Intensiva (ASSOCON).

Pedro destaca as lutas da entidade como primordiais para a unificação da cadeia produtiva de carne bovina e o avanço da atividade, com o suporte dos projetos realizados pela Assocon em prol do desenvolvimento técnico e profissionalizante dos trabalhadores rurais. “A Escola de Pecuária Intensiva da Assocon é fantástica. Além de levar conhecimento técnico para diversas regiões do Brasil, os temas abordados nas palestras têm o absoluto enfoque no dia a dia das fazendas, priorizando pontos essenciais para a evolução do negócio pecuário, como o uso de boas práticas de produção, respeito ao bem-estar animal e redução de custos”, comenta Pedro Crosara.

Desde 1990, Crosara atua no melhoramento e produção de aves, fato que o motivou, em 2004, a buscar uma raça bovina na qual pudesse utilizar sua expertise do melhoramento genético tendo como foco a redução do ciclo de abate, com maior produtividade em menos tempo. “Em 2009, após várias pesquisas, iniciamos a atividade de melhoramento e seleção de reprodutores da raça Senepol, selecionando os melhores indivíduos por meio de índices zootécnicos e características de genótipo em diferentes sistemas de produção”, explica o médico veterinário.

Em 2017, ele foi eleito Presidente da ABCB Senepol, fazendo questão de participar ativamente das tomadas de decisões que valorizam a raça Senepol e a força do trabalho agropecuário. “Este ano, comemoramos o centenário da raça Senepol no mundo e os 18 anos no Brasil. Queremos resgatar um pouco da origem e história da raça, ressaltando as principais características e vantagens desse animal valioso para a pecuária”, explica Pedro Crosara.

Ele valoriza o trabalho de entidades como a Assocon, que atua em prol do avanço da pecuária intensiva no país, e destaca a importância da parceria estratégica com a ABCB Senepol. “Estamos sempre buscando conscientizar o pecuarista sobre sua importância para a cadeia produtiva da carne bovina no Brasil e no mundo. A Assocon é um órgão representativo com muita tradição, além de ser um agente transformador na pecuária de corte. O pensamento da entidade sempre esteve focado na união da cadeia a fim de gerar mais benefícios aos pecuaristas”, acrescenta Crosara.

Sobre o cenário econômico em 2018, ele comenta que “estamos vivendo um momento de instabilidade”. Especificamente sobre a atividade, ele destaca que “2017 foi marcado por ciclo de pecuária em baixa, Operação Carne Fraca, delações de importantes players do mercado pecuário, pressões de quebra de contrato de exportações. Mas conseguimos sobreviver e mostrar que a pecuária é forte e que o pecuarista é competente. Em 2018, temos dólar em alta e expectativa de alta nos grãos, mas temos de continuar buscando eficiência, gestão e controle de processo para ter a fazenda nas mãos e, assim, tomar as melhores decisões. A carne bovina é um dos poucos produtos com liquidez e rentabilidade. Desde a época da colonização do Brasil, a atividade se caracteriza como uma moeda forte e reserva de valor. E o mundo precisa do Brasil para continuar se alimentando,” conclui o presidente da ABCB Senepol.

-- conteúdo relacionado --

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.