Abate de bovinos cresce 2,7% no 2° trimestre, diz IBGE

PARTILHAR
abate-tecnico-nelore-adir
Foto: Nelore ADIR / Divulgação

A produção de 1,93 mi de toneladas de carcaças bovinas no 2º trimestre de 2022 consistiu em incremento de 2,3% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior

O abate de frangos caiu 2,0% e o de bovinos e suínos subiu 2,7% e 6,6%, respectivamente, no segundo trimestre de 2022, na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com os resultados preliminares da Estatística da Produção Pecuária, divulgada hoje (11) pelo IBGE.

Os resultados completos para o segundo trimestre de 2022 e para as unidades da federação serão divulgados no dia 6 de setembro.

No 2º trimestre de 2022, foram abatidas 7,32 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária. Houve alta de 2,7% frente ao 2º trimestre de 2021 e aumento de 5,2% em relação ao 1º trimestre de 2022.

A produção de 1,93 milhão de toneladas de carcaças bovinas no 2º trimestre de 2022 consistiu em incremento de 2,3% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, e aumento de 5,1% em relação ao apurado no 1º trimestre de 2022.

A aquisição de leite cru feita pelos estabelecimentos que atuam sob algum tipo de inspeção sanitária no 2º trimestre de 2022 foi de 5,39 bilhões de litros.

O valor correspondeu a redução de 7,7% em comparação ao volume registrado no 2º trimestre de 2021 e queda de 8,6% em comparação ao obtido no trimestre imediatamente anterior.

Os curtumes investigados pela Pesquisa Trimestral do Couro – aqueles que efetuam curtimento de pelo menos 5 000 unidades inteiras de couro cru bovino por ano – declararam ter recebido 7,41 milhões de peças inteiras de couro cru bovino no 2º trimestre de 2022.

Essa quantidade representa uma redução de 2,0% em comparação à registrada no 2º trimestre de 2021 e aumento de 4,0% em relação ao trimestre imediatamente anterior.

Imagem: Reprodução

Suínos

O abate de suínos somou 14,00 milhões de cabeças no 2° trimestre de 2022, representando um aumento de 6,6% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e acréscimo de 2,6% em comparação ao 1° trimestre de 2022.

O peso acumulado das carcaças registrou 1,30 milhão de toneladas no 2º trimestre de 2022, o que consistiu em aumento de 6,0% em relação ao 2º trimestre de 2021 e incremento de 4,5% em comparação com o trimestre imediatamente anterior.

Frangos

No 2º trimestre de 2022, foram abatidas 1,49 bilhão de cabeças de frango. Esse resultado significou um decréscimo de 2,0% em relação ao trimestre equivalente do ano anterior e redução de 3,4% na comparação com o 1º trimestre de 2022.

O peso acumulado das carcaças foi de 3,63 milhões de toneladas no 2º trimestre de 2022. Esse total significou aumento de 0,6% em relação ao 2º trimestre de 2021 e queda de 3,7% frente ao trimestre imediatamente anterior.

A produção de ovos de galinha foi de 992,44 milhões de dúzias no 2º trimestre de 2022. O resultado representou um decréscimo de 0,6% em relação ao mesmo período do ano anterior e aumento de 1,6% em comparação ao 1º trimestre de 2022.

Fonte: IBGE

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com