Abatedouro: Polícia encontra ‘cemitério’ de cavalos, veja!

Abatedouro: Polícia encontra ‘cemitério’ de cavalos, veja!

PARTILHAR

Um abatedouro clandestino? Cemitério de cavalos é encontrado e polícia investiga utilização da carne em embutidos; Confira as informações abaixo!

Uma denúncia sobre descarte de animais culminou na descoberta de um “cemitério” de cavalos no bairro CPA 3, em Cuiabá (MT). No local, que fica próximo a uma estação de tratamento de esgoto, policiais da Dema (Delegacia Especializada de Meio Ambiente) encontraram cabeças de cavalos espalhadas. A suspeita é de que a carne dos animais tenha sido utilizada em embutidos e carne seca para comercialização.

A delegada responsável pelo caso, Alessandra Saturnino, informou que várias hipóteses estão sendo investigadas, sendo a produção de embutidos e carne seca uma delas. O local também é utilizado para criação de porcos.

A equipe realizou varreduras na área, mas o resto dos corpos dos animais não foi encontrado. Alessandra aguarda o resultado de laudos técnicos para auxiliar no andamento das investigações.

Filmagens mostram que partes dos corpos dos cavalos espalhados em uma área alagada. As investigações apontam que os animais não foram mortos no local, que servia apenas como ponto de descarte.

Diante das evidências, investiga-se qual a origem dos animais e a possibilidade de eles estarem sendo usados no comércio irregular de carnes não foi afastada.

Em um primeiro momento, serão apurados os possíveis crimes de poluição de solo e de eventual curso hídrico em área verde e crime contra a flora.

Segundo Alessandra, a polícia já identificou um suspeito. “A investigação ainda está no início, já temos um possível suspeito identificado. Não descartamos nenhuma linha de trabalho nessa fase. Há possibilidade desses equinos terem sido abatidos em local não apropriado, de forma clandestina, e suas cabeças terem sido descartadas nessa área. Fizemos diligências e perícia no local”.

Crime de poluição de solo, eventual desvio de curso de hídrico em área verde e crime contra a flora serão apurados. A polícia ressaltou que mais informações ainda não podem ser divulgadas para não atrapalhar o andamento da investigação.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com