Programa avaliará carne de qualidade de gado PO

Programa avaliará carne de qualidade de gado PO

PARTILHAR
touros nelore adir leonel
Foto: ADIR Leonel

A intenção da entidade é avaliar em profundidade o sistema de produção de carne bovina nacional utilizando a genética zebuína. Confira os critérios!

A Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ) oficializou esta semana o ‘Programa Carne de Qualidade 2020 – Produção de carne de qualidade com eficiência e sustentabilidade’. A intenção da entidade é avaliar em profundidade o sistema de produção de carne bovina nacional utilizando a genética zebuína, através de machos PO que serão recriados e abatidos ao final para se medir o diferencial econômico do uso de genética zebuína PO de qualidade.

ABCZ lança ‘Programa Carne de Qualidade 2020’ e convoca pecuaristas

“A ABCZ é defensora de uma pecuária eficiente e sustentável. Para este programa, já temos uma cadeia de parceiros, como Embrapa, Epamig, Fazu, UFV, Unicamp e USP. Agora, contamos com os associados que poderão doar bezerros, garantindo a execução do programa”, afirma o presidente da ABCZ, Rivaldo Machado Borges Júnior.

Cada criador poderá doar até dois bezerros (dentro dos critérios de escolha pré-definidos). Para esta edição piloto, o programa será realizado com animais Nelore, mas, nos anos seguintes, contemplará todas as raças zebuínas. As inscrições serão recebidas até o dia 31 de março de 2020 ou até preenchimento das vagas (100 animais) (que serão preenchidas por ordem de inscrição).

A prova será realizada na Fazenda Experimental Orestes Prata Tibery Júnior, em Uberaba (MG).  Os investimentos em infraestrutura, equipamentos tecnológicos, implantação de pastagens, logística de transporte dos animais (frete) e de recursos humanos necessários para a condução do programa serão de responsabilidade da ABCZ.

Os critérios estabelecidos e os índices adotados para cada etapa estão no regulamento completo no site da ABCZ. Mais informações também estão disponíveis através dos telefones (34) 3319-3886, (34) 3319-3880, (34) 3319-3888 e (34) 3319-3915.

Para participar, os animais devem atender aos seguintes critérios:

• Animais do sexo masculino, portador de RGN na categoria PO (puro de origem) ou aptos a recebe-lo,

• idade compreendida entre 6 (seis) e 8 (oito) meses no início da prova,

• peso ajustado aos 210 dias de no mínimo 200 quilos

• avaliação EPMURAS com resultado pelo menos “Bom”

• até DECA 2 na DEP PS-ED (peso ao sobreano, efeito direto)

• até DECA 4 nas DEPs para AOL e ACAB

• Como o programa busca desenvolver um sistema de produção de carne zebuína utilizando as melhores técnicas disponíveis e viáveis e, em especial, a qualidade genética dos animais, a ABCZ se reserva o direito de não aceitar animais que não reúnam condições morfológicas adequadas quando de sua recepção no local da prova.

Etapas do programa:

O programa será executado em três etapas, com divulgação do ranking classificatório ao final de cada uma delas nas mídias da ABCZ. A equipe técnica responsável pelo programa é multidisciplinar e conta com pesquisadores e técnicos da ABCZ, Embrapa, Epamig, Fazu, UFV, Unicamp e USP. Conheça as etapas:

1ª etapa – recria da desmama ao sobreano a pasto: De abril/2020 a março/2021, os animais serão submetidos à prova de ganho em peso.

A prova seguirá o regulamento adotado pela Associação no que concerne à frequência de pesagens, fórmulas de cálculos obtidas através das seguintes informações: Escore de Avaliação Visual (tipo) pelo método EPMURAS, aplicando-se apenas EPM (AT), Peso Calculado aos 550 dias de idade (PC550), Ganho em Peso Diário (GPD), Ganho em Peso (GP), Ganho Médio Diário (GMD), Área de Olho de Lombo (AOL), Espessura de Gordura Subcutânea entre a 12ª e 13ª costela (EGS) e na picanha (P8). Ao final da prova,

2ª etapa – confinamento do sobreano ao abate: Com duração de 120 (cento e vinte) dias, nesta etapa, além da mensuração da eficiência alimentar (consumo alimentar residual – CAR), serão tomadas medidas de peso (PC ajustado à idade média do grupo), ganho em peso (GP), ultrassonografia de carcaça para área de olho de lombo (AOL), espessura de gordura subcutânea (EGS), espessura de gordura na picanha (P8) e marmoreio (MAR).

3ª etapa –  abate técnico: conduzido por profissionais da área, que mensurarão: Peso de Carcaça Quente (PCQ); Espessura de Gordura Subcutânea- EGS; Rendimento de Abate – RA (PCQ/Peso Vivo); Gordura Intramuscular, mármore – MAR; Carne Aproveitável Total – CAT (AOL, EGS e PCQ); e, Maciez Instrumental – MI.

Fonte: ABCZ.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com