ABPA e Apex-Brasil levam avicultura e suinocultura brasileira à China

PARTILHAR
Foto: Divulgação

ABPA e a Apex-Brasil, participam da China International Import Expo (CIIE), reforçando os laços de confiança estabelecidos entre a avicultura e a suinocultura do Brasil, e o mercado importador chinês.

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) participa, entre os dias 05 e 10 de novembro, da China International Import Expo (CIIE), feira promovida pelo governo chinês, com a participação dos principais fornecedores e parceiros do país asiático.

Na feira, a ABPA conta com um espaço exclusivo para a avicultura e suinocultura do país. Além de encontros de negócios, a ação conta com apresentação de materiais eletrônicos acessíveis por QR Code – atendendo aos protocolos preventivos à Covid-19, sem a distribuição de materiais impressos – com ampla divulgação dos atributos e diferenciais do setor produtivo brasileiro, com destaque especial à qualidade dos produtos, ao status sanitário e à sustentabilidade do setor.

A ABPA ainda marcou presença com apresentação no China Chamber of Commerce of I&E of Foodstuffs, Native Produce and Animal By-Products (CFNA), congresso oficial que aconteceu no dia 07 (domingo), em paralelo à CIIE. Por vídeo gravado, o presidente da ABPA, Ricardo Santin, reforçou os laços de confiança estabelecidos entre a avicultura e a suinocultura do Brasil, e o mercado importador chinês.

“A CIIE é um evento que sinaliza como deverão seguir os negócios entre exportadores e o mercado chinês. É um momento de reforço de compromissos e de laços, fortalecendo nossa posição como auxiliadores da segurança alimentar da população chinesa”, avalia Santin.

Considerada a maior feira da China, a CIIE 2021 acontece no centro de exposições National Convention & Exhibition Center, em Xangai.

Fonte: ABPA

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com