Ação rápida da polícia prende suspeitos e recupera gado roubado

Ação rápida da polícia prende suspeitos e recupera gado roubado

PARTILHAR
Fonte: Rota do Comando

O crime foi no último sábado (18), quando o rebanho de 15 animais “sumiu” do Sítio dois Irmãos km 69 que fica próximo de São Domingos.

A polícia recuperou mais 10 cabeças de gado que haviam sido furtadas de um Sítio em São Francisco do Guaporé.

A recuperação dos animais foi realizada por policiais militares e civis que estavam em busca dos animais desde a denúncia. Além da recuperação dos bovinos, um automóvel Palio usado para transportar os animais abatidos e quatro pessoas foram envolvidas na ocorrência.

Que no decorrer do dia, a guarnição da PM foi acionada a atendimento a uma ocorrência onde um veículo UNO realizava direção perigosa em via pública, os ocupantes Willian Savio da Silva Pereira e Lorran Vitor Miranda Barroso estavam sujos de sangue e disseram a policia que haviam acabado de matar duas vacas e que a carne foi deixada na residência de uma pessoa de apelido ZÉ (José Eloir da Silva ).

Que localizar Zé em sua residência, este informou que quatro animais lhe foram doados pelo senhor GERSE morador da linha 7, sem maiores informações.

Chegando ao quartel, os policiais foram informados que compareceu o senhor Gerse de Jesus e realizou uma ocorrência na delegacia de policia com seguinte teor: que por volta das 06h, José Eloir da Silva chegou a sua propriedade e descarregou 14 animais do tipo bovinos das quais quatro ficaram muitos machucadas, que José trouxe cerca de sete pessoas para sacrificar os quatro animais mais machucados e declarou que José insistia em vender os animais, mas pela falta de tramites legais junto ao IDARON (documentação) não houve negociação e desconfiado denunciou o caso a polícia.

Ao confirmaram a marca dos animais que de fato eram produto de furto, passaram a realizar diligencias e localizar os envolvidos no transporte e abate dos animais e identificados por Willian Savio da Silva Pereira, Lorran Vitor Miranda Barroso, Elvis Caetano da Silva e Dirceu da Aparecida Pereira, todavia o suspeito José Eloir da Silva não fora localizado até o momento.

Na residência do principal suspeito além da carne, uma espingarda calibre 36.

Nas demais residências dos suspeitos a polícia retirou parte da carne dos animais abatidos, e os apresentou na delegacia de polícia para as devidas providencias e esclarecimento que levaram ao envolvimento na ocorrência.

Porte de arma para produtor rural: Você tem esse direito?

Fonte: Rota Comando

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com