Agricultura familiar: MS estrutura cadeia produtiva e beneficia 70 mil famílias

PARTILHAR
Foto: Divulgação

O Governo do Estado do Mato Grosso do Sul, tem aumentado os aportes técnicos e financeiros a agricultura familiar.

Em Mato Grosso do Sul mais de 70,7 mil famílias se dedicam à agricultura familiar e, para produzir alimentos de qualidade contam com a assistência técnica de 476 profissionais capacitados. O apoio vem do Governo do Estado, por meio da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural).

O órgão vinculado a Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e Agricultura Familiar) conta com 79 agências municipais e oito regionais, além de dois postos avançados, centro de pesquisa e de comercialização (Ceasa e Cecaf).

Dando seguimento à política de apoio a Agricultura Familiar, o Governo do Estado tem aumentado os aportes técnicos e financeiros ao setor. Entre as melhorias estão a entrega de maquinários para todos os municípios sul-mato-grossenses, a criação das centrais de abastecimento, o auxílio na organização de cooperativas e associações, as ações de reforço na assistência técnica, a recuperação de estradas municipais e o empenho para regularização de títulos de terras consolidam a política de desenvolvimento.

“Conforme nos recomendou o governador Reinaldo Azambuja, implementamos uma política de modernização da agricultura familiar a fim de valorizar e promover a fixação do homem no campo, oferecendo condições para a melhoria da produção e da competitividade de assentamentos, comunidades indígenas e quilombolas”, afirma o secretário Jaime Verruck, da Semagro.

Patrulhas mecanizadas

A fim de dar condições técnicas para ampliar a produção, o Governo do Estado distribuiu 900 tratores e implementos, além de 260 máquinas pesadas. Em 2020, Mato Grosso do Sul protagonizou a maior entrega de máquinas e equipamentos já feita aos municípios do Estado, com 252 patrulhas mecanizadas.

Aquisição de alimentos

Da assistência na produção até a venda, o Governo do Estado tem articulado ações que garantem a comercialização dos produtos. Dessa forma, por meio dos Programas de Aquisição de Alimentos foram comercializadas mais de 1,3 mil toneladas de 138 tipos de produtos. Juntos, os PAA da Conab e o Estadual movimentaram R$ 4,7 milhões e beneficiaram mais de 1 mil famílias.

Através do PAA, agricultores, cooperativas e associações vendem seus produtos para órgãos públicos: os órgãos compram os alimentos da agricultura familiar, sem necessidade de licitação, e os destinam às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional, à rede socioassistencial, aos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional e à rede pública e filantrópica de ensino.

Na EE Luiz Soares Andrade, em Nova Andradina, foram montadas 350 cestas.

Assistência técnica

Em 2020 foram realizados 35.800 atendimentos pela equipe técnica da Agraer e distribuídos 950 toneladas de insumos, que auxiliam na produção. Por meio do programa de regularização fundiária, cerca de 30 mil títulos serão entregues, em 53 municípios do Estado.

“O Governo do Estado tem atuado em todas as frentes para atender o produtor da agricultura familiar. Ele recebe assistência em todas as pontas, orientando tecnicamente, melhorando o acesso ao crédito, as compras públicas, os equipamentos, fechando as cadeias necessárias para o crescimento do setor”, afirma o secretário Jaime Verruck.

Fonte: Semagro-MS

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com