Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Alerta: Brasil confirma caso de peste suína clássica no Piauí

As autoridades sanitárias tomaram medidas imediatas, decidindo pelo abate preventivo de todos os animais na propriedade afetada; veja

As autoridades brasileiras confirmaram hoje um caso de Peste Suína Clássica (PSC) no país. O surto foi identificado na cidade de Cocal de Telha, localizada no estado do Piauí, e prontamente notificado à Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA).

A suspeita inicial surgiu durante a vigilância passiva realizada em uma criação de fundo de quintal, sendo posteriormente confirmada após exames conduzidos pelo Laboratório Federal Agropecuário de Minas Gerais. As autoridades sanitárias já tomaram medidas imediatas, decidindo pelo abate preventivo de todos os animais na propriedade afetada.

O relatório destaca que o Piauí não faz parte da zona livre de peste suína clássica, implicando restrições à comercialização de animais e produtos de carne suína com áreas livres da doença. As investigações epidemiológicas estão em andamento para identificar possíveis conexões entre o surto atual e outras regiões.

Sobre a peste suína clássica

A PSC é uma doença viral contagiosa que afeta suínos domésticos e silvestres, causando significativas perdas produtivas e econômicas. Seus sintomas variam desde febre intensa, apatia, perda de apetite até lesões hemorrágicas na pele. Em casos agudos, a mortalidade pode atingir 100% em leitões.

Foto: gov.br

As autoridades de saúde destacam a importância da notificação imediata de suínos asselvajados encontrados mortos e casos suspeitos da doença. Medidas preventivas incluem a aquisição de animais de granjas certificadas, a implementação de cercas adequadas para evitar a entrada de javalis, e a adoção de práticas de biosseguridade rigorosas.

A transmissão do vírus pode ocorrer de maneira direta, como contato entre animais, aerossóis, sangue e sêmen, ou de forma indireta, através de água, alimentos e objetos contaminados. A população é aconselhada a evitar alimentar suínos com produtos cárneos de origem suína, especialmente aqueles provenientes de restos da alimentação humana.

As autoridades sanitárias estão em alerta máximo, trabalhando para conter a propagação da doença e proteger a indústria suína do país. A população é requisitada a colaborar com as medidas preventivas e relatar quaisquer casos suspeitos às autoridades competentes.

Escrito por Compre Rural.

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado pela estagiária Juliana Freire sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM