Alerta: Vai faltar soja no Brasil? Veja!

Alerta: Vai faltar soja no Brasil? Veja!

PARTILHAR
capa-brasil-lider-mundial-em-produção-de-soja
FOTO: CELSO JUNIOR/AE

Para Abiove, o Brasil fechará 2020 com o menor estoque de soja em grão da história; Entidade também projeta novos recordes para a produção de grão, farelo e óleo para 2020/2021. Confira tudo!

A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) divulgou, nesta quarta-feira, as estatísticas atualizadas do complexo soja para 2020 e as projeções de novos recordes de produção, processamento e exportações em 2021. O que chamou a atenção é que o país pode fechar o ano com o menor estoque de soja em grão da história.

De fato, todos já sabem que a safra 2019/2020 do Brasil foi bastante consumida não só internamente, mas internacionalmente. A prova é que a Abiove prevê um estoque final de apenas 569 mil toneladas do grão, ou seja, o menor patamar da história, ou desde que a entidade realiza o levantamento, em 2007.

Para entender como isso aconteceu vamos aos números. Segundo a Abiove, o Brasil abriu esta temporada 2019/2020 com 3,319 milhões de toneladas de soja em grão no estoque. Soma-se a isso a produção de 125,8 milhões de toneladas (um recorde histórico).

Desse total de 129,969, o país deve exportar 81 milhões de toneladas até o fim do ano (O recorde foi em 2018 quando vendeu 83,2 milhões de toneladas ao exterior), processar internamente 44,6 milhões de toneladas (um recorde também) e destinar 3,8 milhões de toneladas para sementes. Isso resulta em um estoque total final de 569 mil toneladas, 82,8% a menor que o estoque final de 2019.

“As novas projeções indicam também que a indústria já se ajustou para atender o crescimento da demanda doméstica durante o período de entressafra de soja e manutenção das fábricas, com aumento das importações de grãos e óleo que devem atingir esse ano 850 mil e 150 mil toneladas, respectivamente”, diz a entidade.

Farelo e óleo

A produção de farelo de soja deve chegar a 33,9 milhões de toneladas em 2020 (novo recorde), alta de 1,54% ante as 33,4 milhões de toneladas de 2019.

Já para o óleo de soja, a entidade estima produção de 8,9 milhões de toneladas este ano (recorde também), alta de 2% ante as 8,7 milhões de toneladas de 2019.

Recordes devem continuar em 2021!

Se o cenário para 2020 trouxe recordes em quase todos os quesitos, para 2021, com os preços atuais da saca de soja, tudo indica ser um ano ainda melhor e cheio de novas marcas históricas.

Segundo a Abiove, o país deve produzir algo em torno de 131,7 milhões de toneladas de soja em grão em 2020/2021. A produção de farelo pode subir para 34,6 milhões de toneladas e para fechar, a produção de óleo pode chegar a 9,1 milhões de toneladas. Todos números recordes.

“A crescente demanda pelos produtos do complexo soja nos mercados interno e externo também contribuirá para o aumento de produção em 2020/2021. A projeção é de crescimento de 4,7% na produção, chegando a 131,7 milhões de toneladas de soja.

Fonte: Canal Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com