ANCP será responsável pela avaliação genética do gado na Bolívia

PARTILHAR
ANCP será responsável pela avaliação genética do gado na Bolívia
Montagem Compre Rural

Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP) firma importante convênio interinstitucional com a Associação Boliviana de Criadores de Zebu

A ANCP acaba de firmar uma importante parceria com a ASOCEBU (Associação Boliviana de Criadores de Zebu) e será a responsável pela avaliação genética de animais pertencentes a rebanhos bovinos com registro genealógico pela associação. O convênio foi oficializado no dia 18 de outubro durante evento virtual que contou com a participação de membros da diretoria das duas associações.

Atuando desde 1974, a ASOCEBU é um dos principais precursores do melhoramento genético do rebanho bovino da Bolívia, sendo responsável pelo registro de exemplares das raças Nelore, Nelore Mocho, Brahman, Gir Leiteiro, Tabapuã e Guzerá, reunindo 43 associados.

Juan Antonio Pereira Rico, representante da ANCP na Bolívia, explica que o rebanho boliviano foi formado a partir do gado Zebu brasileiro. “O fato de quase todos os touros usados nos rebanhos bolivianos serem de origem brasileira viabilizou, em 2004, a primeira avaliação genética”, relembra. Após essa primeira avaliação genética, explica Juan, vários rebanhos bolivianos entraram no programa de avaliação genética da ANCP. “Foi agradável ver os animais bolivianos no catálogo da ANCP, o que demonstrou a grande qualidade genética dos criadores bolivianos”, destaca. Para Juan, a renovação do acordo para consolidar as ações da ANCP na Bolívia, agrada os criadores bolivianos e estimula a confiança no desenvolvimento do rebanho boliviano.

Foto: Divulgação

Com a parceria, ambas as instituições, ANCP em cooperação com a ASOCEBU, serão responsáveis pelo programa na Bolívia. Além de oferecer avaliações genéticas, a parceria visa promover a publicação de sumários de touros bolivianos e outras publicações relacionadas com o programa de melhoramento genético da ANCP. A ANCP também realizará treinamentos presenciais para formação técnica, reciclagem e divulgação de suas tecnologias, bem como a promoção de cursos de capacitação e credenciamento de técnicos da ASOCEBU para a coleta e envio de dados dos rebanhos associados.

O presidente da ASOCEBU, Yamil Nacif Nacif, destaca que é um grande passo consolidar a parceria que estabelece diretrizes de progresso para o programa de avaliação genética que a ANCP vem desenvolvendo na Bolívia há 17 anos e que foi inicialmente implementado com a gestão da ASOCEBU. “Este acordo representa a vontade de trabalhar e a cooperação que existe entre duas entidades irmãs, como ANCP e ASOCEBU, cujo único objetivo é o progresso genético de nosso zebu na Bolívia e no mundo”, ressalta.

“Os nossos associados serão os maiores beneficiários dessa importante parceria, que dará apoio técnico e logístico à nossa associação, que a par do grande trabalho desenvolvido pela ANCP em avaliações genéticas, irá gerar um serviço mais eficiente nos rebanhos dos nossos criadores”, destaca.

Para Rodrigo Nogales, pecuarista com fazendas nas regiões de Beni e Santa Cruz e um dos diretores da ASOCEBU, a parceria é muito importante para os criadores e para a associação. “O convênio será fortalecido à medida que novos criadores se cadastrarem no programa da ANCP, que, paralelamente, terá o benefício de trabalhar com os técnicos credenciados da ASOCEBU”, explica.

Carlos Viacava, vice-presidente da ANCP, ressalta a qualidade do rebanho zebuíno da Bolívia e a importância da parceria com a ASOCEBU, uma vez que a entidade possui muitas fazendas bolivianas como associadas. “Ficamos muito honrados com a concretização desse convênio com a ASOCEBU, que faz o registro genealógico do rebanho. A partir de agora, a ANCP será a responsável pela avaliação genética do gado boliviano”, esclarece.

Viacava também fez um convite oficial à ASOCEBU para indicar um representante para fazer parte do Grupo de Trabalho (GT) da ANCP, formado por criadores e pesquisadores cujo objetivo é discutir questões pertinentes à entidade e à pecuária nacional. Com a entrada do novo membro, serão também discutidas ações voltadas à pecuária boliviana.

O presidente da ANCP, Professor Raysildo Lôbo, lembra com satisfação os mais de 15 anos de avaliações genéticas das raças Brahman e Nelore das fazendas bolivianas e o avanço genético de sua pecuária, reconhecida internacionalmente. Ele ressalta que é uma honra para a ANCP contribuir com o excelente trabalho de seleção realizado pelos criatórios bolivianos e as respaldadas instituições do país.

Para Raysildo, a parceria abre novas possibilidades e desafios para continuar a disseminar o melhoramento genético e o conhecimento técnico-científico de qualidade, sendo uma das metas o aumento da produtividade e do lucro do pecuarista boliviano.

“Com a consolidação dessa parceria, se inicia uma nova etapa de trabalho com expectativa de grandes resultados, tanto no avanço tecnológico e soluções voltadas à seleção de animais superiores quanto na disseminação da tecnologia, firmando parcerias e promovendo cursos com criadores bolivianos e na disseminação do conhecimento, treinando técnicos da ASOCEBU e novos consultores bolivianos”, finaliza.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.