Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Arla: bebidas ricas em proteínas para pessoas com doença renal crônica

Para chegar ao equilíbrio nutricional certo, o fabricante incorporou seu ingrediente proteico Lacprodan BLG-100, que é beta-lactoglobulina purificada.

A Arla Foods Ingredients, uma subsidiária da Arla Foods, introduziu um conceito para uma solução pronta para beber (RTD) e uma dose rica em proteínas que permitirá aos consumidores com doença renal crônica (DRC) obter o valor nutricional exigido por seus dietas.

As formulações são ricas em proteínas, mas com baixo teor de minerais, tornando-as adequadas para o consumo de pacientes com DRC que normalmente precisam evitar a ingestão excessiva de minerais por motivos de saúde. A Arla diz que quer fechar a lacuna no mercado, onde muitas alternativas disponíveis comercialmente contêm um conteúdo mineral relativamente alto.

“Desenvolvemos dois conceitos diferentes – um RTD com 7% de proteína e um shot de alta proteína com 21% de proteína”, disse Mads Dyrvig, chefe de desenvolvimento de vendas de saúde e desempenho da Arla Foods Ingredients. “A composição do RTD – que compreende 7% de proteína, 10% de gordura e 20% de carboidratos – é otimizada para pessoas com DRC em estágio 1 a 5.

“A segunda solução é uma dose rica em proteínas com 21% de proteína, que foi especificamente formulada para o manejo dietético de pacientes com – ou em risco de – desnutrição, particularmente aqueles com necessidades energéticas aumentadas, restrição de líquidos e má absorção de gordura. É ideal para pacientes com doença renal em estágio inicial e aqueles em diálise, que precisam de alta proteína, fluido mínimo e baixos níveis de fósforo”.

A empresa informou que o RTD oferece “sensação de boca fresca e ácida” e tem uma aparência leitosa, enquanto o shot é translúcido, com baixa viscosidade e sabor “refrescante” sem amargura.

Baixo teor de fósforo

Para chegar ao equilíbrio nutricional certo, o fabricante incorporou seu ingrediente proteico Lacprodan BLG-100, que é beta-lactoglobulina purificada – um componente-chave que torna a proteína do soro de leite uma fonte de proteína de alta qualidade, como explica a empresa. O Lacprodan BLG-100 é rico em aminoácidos como a leucina, mas pobre em minerais como o fósforo. Em bebidas de baixo volume, o ingrediente pode ser adicionado para criar suplementos de alta proteína, que podem ser particularmente valiosos para pacientes com ingestão limitada de líquidos.

“A adição do Lacprodan BLG-100 significa que ele tem um teor de fósforo menor do que a maioria das alternativas disponíveis comercialmente”, disse Dyrvig.

A Arla Foods Ingredients espera que o conceito seja popular entre os fabricantes da Europa, EUA, China e Japão. “Na UE, recebemos recentemente uma opinião positiva sobre nosso Novel Food Application”, explicou Dyrvig. “A opinião da EFSA foi que o BLG é seguro e adequado para uso em produtos alimentícios na UE. Ele apresentou suas descobertas à Comissão Europeia, que deve conceder a autorização final no final do ano.”

Fonte: Dairy Reporter
Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM