Avaliação genética da Safra 2017 já começou na CFM

Avaliação genética da Safra 2017 já começou na CFM

PARTILHAR
Avaliação-genética-da-Safra-2017-ja-comecou-na-CFM
Foto: Divulgação

Uma das maiores produtoras de touros do Brasil começa os preparatórios para o 21º Megaleilão CFM, em 2018 venderam mais de 1.300 touros Nelore CEIP.

A temporada de vendas dos touros Nelore CFM começará nos dias 8 e 9 de agosto de 2019, no 21º Megaleilão, porém, a preparação e seleção dos touros jovens já começou. A coleta de dados para avaliação genética dos machos nascidos em 2017 está em etapa final. Nesse momento, quando os animais chegam ao sobreano, são medidas as seguintes características:

  • PESO AO SOBREANO;
  • GANHO DE PESO DA DESMAMA AO SOBREANO;
  • CONFORMAÇÃO DE CARCAÇA, MUSCULOSIDADE E PRECOCIDADE;
  • PERÍMETRO ESCROTAL;
  • ALTURA.

Concluída a coleta de dados, todas as informações geradas desde o nascimento dos animais são enviadas à USP Pirassununga, onde são processadas para dar origem à avaliaçãoo  genética de mais uma safra do rebanho CFM.

O desenvolvimento dos tourinhos da safra 2017 vem apresentando resultados muito positivos, com ganho de peso médio acima da safra anterior, o que reflete a alta qualidade genética dos animais que serão disponibilizados ao mercado esse ano.

Tamires Miranda Neto, gerente de pecuária da CFM, ressalta que o mercado de reprodutores Nelore CEIP conquista cada vez mais a confiança dos pecuaristas de todo o país. “A crescente busca por touros com avaliação genética confiável mostra que os produtores sabem que se trata de um investimento extremamente seguro e de retorno econômico certo, com impacto positivo na produtividade da fazenda e na lucratividade do negócio”.


Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.