Barragem de fazenda rompe e inunda cidade em Goiás

Barragem de fazenda rompe e inunda cidade em Goiás

PARTILHAR
Dois lagos localizados dentro de Pontalina apresentam riscos para moradores, caso a chuva continue na cidade — Foto: Ernani Ferreira/Arquivo pessoal

Entre sexta (3) e sábado, choveu 191 milímetros, o equivalente a 76% do volume de chuva esperado para todo o mês.

Um dia após o rompimento de uma represa em Pontalina, no centro de Goiás, o fornecimento de água foi retomado neste domingo (5), porém, a cidade continua com reflexos da chuva intensa. Dois lagos localizados dentro do município seguem sendo monitorados e, por causa deles, quatro casas foram interditadas pela Defesa Civil e Corpo de Bombeiros.

Técnicos da força-tarefa constituída pelo Governo de Goiás comandaram, na manhã deste domingo, um sobrevoo panorâmico na região para identificar possíveis danos causados pelas enchentes.

A barragem pertencia à fazenda São Lourenço das Guarirobas e era usada para armazenar água para irrigação. A estrutura estava com o cadastro de segurança vencido desde o dia 31 de dezembro. “Verificamos que a manutenção não foi feita de forma adequada”, disse a secretária, citando a existência de vegetação no talude e problema nos extravasores de água. 

Foto: SEMAD / GO

A água destruiu casas, deixou desabrigados, alagou ruas. Além disso, o abastecimento de água e energia elétrica na região também foi afetado.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.