Beef on Dairy: programa aumenta lucro do produtor de leite

PARTILHAR
Beef on Dairy: estratégia que gera ganhos em qualidade, eficiência alimentar e lucratividade em rebanhos de leite
Foto: Divulgação

Por que inseminar vacas de leite com touros de corte? Beef on Dairy gera ganhos em qualidade, eficiência alimentar e lucratividade em rebanhos de leite

Claudio Aragon, gerente da pasta de leite e diretor de mercados da Semex, e Antonio Carlos Sciamarelli, gerente de corte taurino, explicam como fazendas de leite podem aumentar sua renda produzindo bezerros cruzados ao adotar o programa Beef on Dairy, uma exclusividade da Semex Brasil

A busca da indústria de carne bovina por animais de alta qualidade para eficiência alimentar e carcaça abriu portas para a utilização de touros de corte como uma poderosa ferramenta para aumentar a receita de propriedades de leite e reduzir o índice de mortalidade de suas vacas em decorrência da dificuldade de parto.

Paralelo a isso, objetivando também diversificar as fontes de renda e aumentar a lucratividade de fazendas locais, prefeituras, cooperativas e outras organizações formadas por produtores de leite passaram, então, a investir fortemente nesta estratégia. E atenta a essa tendência, a Semex Brasil, desde 2019, oferece ao mercado o programa Beef on Dairy.

Quando o produtor usa touros de corte em raças de leite da forma correta, a mão de obra e custos com veterinários são reduzidos. Além disso, devido a facilidade de parto, o índice de bezerros vivos aumenta, e o produtor conseguirá atender a indústria de carne bovina dispondo de animais de qualidade para eficiência alimentar e méritos de carcaça.

“A possibilidade de geneticamente segmentar o rebanho leiteiro abre um espaço extremamente interessante para o uso de sêmen de corte na porção inferior do rebanho. Esta prática acelera significativamente o ganho genético e proporciona uma excepcional oportunidade de receita para a propriedade. O uso de touros de corte direcionados para atender ao que o mercado demanda, atrai forte interesse por parte dos frigoríficos”, ressalta Aragon, gerente da pasta de leite e diretor de mercados.

Por que inseminar vacas de leite com touros de corte?

Com os recentes avanços no manejo, alimentação, reprodução e amplo uso de sêmen sexado, muitos rebanhos têm excesso de novilhas de reposição. E como a indústria de carne bovina continua à procura de animais de qualidade, tanto para eficiência alimentar quanto para qualidade de carcaça, a utilização de touros de corte favorece um valioso fluxo de receita.

Antonio Carlos Sciamarelli, gerente de corte taurino, complementa sobre as principais características dos bovinos Semex para o programa. “Estes touros têm facilidade de parto, peso ao nascer e peso ao ano (um dos critérios mais importantes), eficiência alimentar, altura ao ano, peso de carcaça, marmoreio, AOL e gordura. Da nossa seleção, os touros destaques no programa são: Electrify, Checkmate, Kansas e Prime.”

Oportunidade única para entender mais sobre o assunto e aumentar a lucratividade da fazenda de leite produzindo bezerros para corte

No dia 16 de dezembro, quinta-feira, às 19h, pecuaristas, prefeituras e cooperativas terão a oportunidade de conhecer a estratégia e aprimorar seus conhecimentos sobre o assunto. Claudio Aragon, gerente da pasta de leite e diretor de mercados, e Antonio Carlos Sciamarelli Junior, gerente de corte taurino, apresentarão uma live exclusiva pelo canal do YouTube da Semex Brasil. Na ocasião, poderão ser enviadas dúvidas que serão respondidas pelos gerentes especialistas.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.