Crise leiteira: Brasil suspende importação de leite do Uruguai

Crise leiteira: Brasil suspende importação de leite do Uruguai

produção-de-leite
Foto: Divulgação

Mais um capítulo da crise leiteira que o país vem enfrentando nos últimos meses, movimentação dos produtores ganha apoio.

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, anunciou nesta terça-feira, 10, que o Brasil suspendeu a importação de leite do Uruguai por tempo indeterminado, por suspeitas que o alimento não seja totalmente produzido naquele País, o que prejudica o produtor nacional. O governo suspeita que o Uruguai importe o leite da Argentina e reexporte o produto para o Brasil, com custos ainda competitivos com o produzido aqui. Uma investigação da Receita Federal não conseguiu comprovar a triangulação, o que levou à suspensão das importações para uma avaliação mais apurada.

Leia também

“Entidades que lidam com leite e produtores têm reclamado muito da quantidade de leite importada do Uruguai. Há uma grande suspeita (…) de que o leite oriundo do Uruguai não seja do Uruguai”, disse o ministro após almoço com a Frente Parlamentar da Agropecuária. “Tomamos a decisão de suspender as licenças de importação até que Uruguai consiga provar que 100% daquele leite importado de lá é de origem uruguaia.”

Segundo Maggi, o crescimento do volume de leite importado do país vizinho tornou a situação do produtor brasileiro “quase insuportável”. Após a medida, o governo brasileiro irá enviar uma missão ao Uruguai para cruzar o volume produzido localmente com o consumo interno e as exportações para o Brasil e outros países.

Paralelamente, de acordo com o ministro, o Brasil tenta negociar a criação de cotas de importação de leite com o Uruguai, como já faz com a Argentina, “mas não há boa vontade”, disse Maggi. “Não podemos matar o setor leiteiro que emprega mais de 1 milhão de pessoas”, afirmou. “Vamos trabalhar, inclusive com o Itamaraty, para retirar o leite do Mercosul”, completou o ministro.

Abraleite agradece ao ministro

Associação que tem defendido a classe leiteira do país, emitiu um comunicado sobre o agradecimento ao ministro sobre o embargo, segue nota completa:

Excelentíssimo Ministro da Agricultura Blairo Maggi,

Agradecemos por atender a demanda da ABRALEIE, em conjunto com a FPA, Sub Comussão de Políticas Agrícolas/Leite da Câmara dos Deputados e outras entidades representantes do setor de produção de leite do Brasil, em suspender e investigar as importações de leite do Uruguai.

Parabenizamos pela corajosa decisão, pelo que apoiaremos Vossa Excelência e reiteramos o pedido protocolado neste Gabinete do Ministério da Agricultura no dia 3 de outubro do corrente, onde pedimos que não renovem a IN 40 de 2016, não autorizando reidratação do leite no Nordeste ou em qualquer outra região do país.

Gerado Borges
Presidente da ABRALEITE

 

PARTILHAR

Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.

2 COMENTÁRIOS

Comments are closed.