Boi China valendo R$ 207/@, mas de olho no feriado!

Boi China valendo R$ 207/@, mas de olho no feriado!

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Mercado pecuário entra em ritmo de feriadão, mas com preços ainda fortes; Valor do boi gordo se mantém na casa dos R$ 200/@, em São Paulo, mesmo com baixo consumo no mercado interno.

Com o objetivo de aumentar o isolamento social na capital paulista, o prefeito da cidade, Bruno Covas, sancionou o decreto que antecipa os feriados municipais Corpus Christi (11/junho) e Consciência Negra (20/novembro) para esta quarta-feira (20/maio) e quinta (21/maio), respectivamente. O “feriadão” desestabilizou o mercado do boi gordo e deixou os participantes cautelosos sobre os próximos movimentos, segundo avaliação da consultoria Agrifatto.

Com isso, o comportamento das vendas de carne bovina no curtíssimo prazo, tanto no atacado quanto no varejo, é incerto. “Por se tratar da segunda quinzena do mês (período de menor poder aquisitivo da população), poucas expectativas já eram colocadas nestas datas”, acrescenta a consultoria.

Preços informados hoje no Agrobrazil

Os participantes do aplicativo da Agrobrazil informaram negócios hoje, 20, com uma maior velocidade, já que o pasto começa a perder a sua qualidade e é preciso ofertar o boi gordo.

Pecuaristas informaram negócios, destinados ao mercado interno, em Naviraí/MS, com valores de R$ 180/@ à vista e abate para o dia 27 de maio. Já em Paraguaçu/SP, tivemos o valor de R$ 198/@ à vista e abate para o dia 28 de maio. Já em Mineiros/GO, o valor informado foi de R$ 185/@ a prazo com 30 dias e abate para o dia 29 de maio.

Já para a boiada padrão China, os preços seguem em alta e com um apetite voraz da indústria. Pecuaristas receberam em Santa Fé de Goiás/GO, o valor de R$ 190/@ com 20 dias de prazo e abate para o dia 26 de maio. Em Platina/SP, o valor foi de R$ 200/@ com 30 dias de prazo e abate para o dia 28 de maio.

O destaque do dia foi para o negócio de São José do Rio Preto/SP, onde o pecuarista recebeu R$ 207/@, com prazo de dois dias e abate para o dia 26 de maio. A diferença para o mercado interno já está em R$ 15/@.

Segundo o app, a média para a praça de São Paulo, ficou cotada em R$ 200,77/@, com uma variação de R$ 195 a R$207/@. Já o CEPEA, informou uma média no valor da arroba de R$ 202,15.

Mercado futuro

Os contratos futuros para o boi gordo finalizaram a sessão desta quarta-feira (20) com valorizações na Bolsa Brasileira.  O vencimento Maio/20 terminou o dia cotado a R$ 202,60/@ com um avanço de 0,35%, enquanto, o junho/20 registrou uma alta de 0,78% e está precificado a R$ 200,75/@.

Já o Julho/20 encerrou o dia com valorização de 0,50% e foi negociado a R$ 200,40/@. Por outro lado, o contrato Outubro/20 teve um recuo de 0,15% e está cotado a R$ 200,20/@.

O mercado futuro segue acompanhando o desempenho das exportações no mês de maio. As projeções preliminares da Agrifatto apontam o volume embarcado neste mês deve ser 150 e 160 mil toneladas. “A China continua com um déficit de proteína animal causado pelo o surto de Peste Suína Africana e também por ter suspendido os embarques de quatro plantas frigoríficas na Austrália”, conclui Yago Travagini.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com