Boi gordo: 15 praças apresentaram alta na cotação

Boi gordo: 15 praças apresentaram alta na cotação

PARTILHAR
ExpoBrahman revela os grandes campeões de 2020
Foto: Carlos Eduardo Lopes / @carloslopesphoto

Vale ressaltar que um recuo nas cotações pode acontecer, reflexo do aumento gradual de indústrias frigoríficas fora das compras. Confira!

Apesar das estratégias adotadas por grandes indústrias frigoríficas na manhã de ontem, das 32 praças monitoradas pela Scot Consultoria, 15 apresentaram alta na cotação do boi gordo nesta sexta-feira (13/11). Vale ressaltar que um recuo nas cotações pode acontecer, reflexo do aumento gradual de indústrias frigoríficas fora das compras.

Sexta-feirade alta nas fêmeas

Em São Paulo a cotação do boi gordo estabilizou em R$290,00/@, preço bruto e à vista, R$289,50/@ com desconto do Senar e R$285,50/@ com desconto do Senar e Funrural.

Já as fêmeas apresentaram variações positivas de 1,1% para a vaca e 0,7% para a novilha, na comparação dia a dia, ou seja, aumento de R$3,00/@ e R$2,00/@, respectivamente.

Para os machos que atendem os requisitos de exportação, principalmente os que atendem o mercado chinês, as ofertas de compra em R$300,00/@, bruto, com alguns dias de prazo, já foram vistas.

Atacado com osso

Na comparação diária, a carcaça casada castrada subiu R$0,25/kg, ou seja, variação positiva de 1,4% e tem sido negociada por R$18,40/kg.

O escoamento está travado, poucas negociações foram realizadas durante a semana, realizando maior volume de negócios somente na quinta-feira (12/11),o destaque vai para o dianteiro para distribuição que, na comparação dia a dia, subiu 5,5%, e está sendo negociado por R$16,25/kg.

Espera-se maior movimentação nesse mercado devido ao período de final de ano.

Fonte: Scot Consultoria

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com