Boiada estoura e arroba bate R$235, segura peão!

PARTILHAR
Confinamento e Boitel VFL BRASIL. Foto: Marcella Pereira

Preços da arroba parecem ter ganhado o destaque, novo recorde de preço foi anunciado no app da Agrobrazil; Arroba negociada a R$ 235, confira!

A cotação da arroba do boi gordo subiu em 14 das 32 praças pecuárias pesquisadas pela Scot Consultoria. Na média de todas as regiões monitoradas a cotação subiu 2,6%, ou R$4,00/@ ao longo da semana.

Com a oferta de animais a pasto segue cada vez mais escassa, os preços para a arroba podem voltar aos patamares observados no final do ano passado ao redor de R$ 240,00/@. Diante da cotação do dólar, as indústrias frigoríficas que atuam com exportação têm margens para ofertar preços maiores para a arroba.

No app da Agrobrazil, na manhã deste sábado, foi anunciado uma venda que bateu o recorde do dia anterior, que era de R$ 220/@. A negociação foi informada com valor da arroba para o boi gordo, com destino ao mercado interno, no valor de R$ 235/@ com pagamento à vista e abate já para o dia 26 de junho. A venda foi realizada em Carpina, no estado de Pernambuco!

Em conversa com alguns pecuaristas, foram informados que vendas na casa de R$ 232/@ com prazo de 20 dias para pagamento já haviam sido concretizados no dia 03 de junho, na região de Alagoas. Hoje, os preços seguem acima desse patamar, informaram os vendedores.

Para o estado de São Paulo, ainda segundo a Agrobrazil, não houve diferença entre os preços para animais padrão exportação e para o mercado interno, os preços ficaram na casa de R$ 215/@.

Outro ponto importante de ressaltar neste momento, é a escala de abate reduzida dos frigoríficos, dificultando uma pressão baixista por parte da indústria. Pecuaristas que possuem animais para abate, tem se tornado mais reticentes e cautelosos nas negociações.

Paraná

A dificuldade em manter as programações de abate no estado fez com que os frigoríficos ofertassem preços maiores. A cotação do boi gordo subiu 2,5%, ou R$5,00/@ na comparação com o fechamento de ontem e está cotada em R$205,00/@ à vista, considerando o preço bruto, R$204,50/@, com desconto do Senar, e R$202,00/@ com desconto do Funrural e Senar.

 Atacado 

No mercado atacadista, o boi casado de animais castrados ficou cotado em R$13,53/kg, alta de 3,6% na comparação semanal. Os estoques enxutos mantêm os preços sustentados.

Próxima semana

O quadro é de otimismo com relação às cotações, apoiado na oferta limitada e com a ajuda da exportação. 

No entanto, as novas medidas de contenção da disseminação do coronavírus estabelecida em alguns municípios deixa o mercado em alerta sobre como isso refletirá no consumo de carne bovina.

Segundo Safras&Mercados

Os preços do boi gordo voltaram a subir em algumas regiões de produção e comercialização nesta sexta-feira, 19. Segundo o analista da Safras & Mercado Fernando Henrique Iglesias, a oferta de animais terminados continua restrita, provocando uma disputa bastante acirrada entre os frigoríficos para as boiadas que cumprem os requisitos de exportação para o mercado chinês.

“Os embarques destinados a China são o grande diferencial durante o primeiro semestre. As dificuldades seriam bastante acentuadas em caso de mudanças de comportamento dos importadores chineses”, informa.

  • Na capital de São Paulo, os preços do boi gordo subiram de R$ 208 para R$ 209 por arroba.
  • Em Uberaba (MG), foram de R$ 203 para R$ 204. Em Dourados (MS), continuaram em R$ 200, estáveis.
  • Em Goiânia (GO), também não tiveram alterações, a R$ 200 por arroba.
  • Já em Cuiabá (MT), aumentaram de R$ 182 para R$ 183.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com