Boiadeiro australiano: cão de pastoreio para grandes animais

Boiadeiro australiano: cão de pastoreio para grandes animais

PARTILHAR
Australian Cattle Dog
Foto: Divulgação

A raça surgiu dois séculos atrás, em regiões inóspitas da Austrália, para auxiliar colonos ingleses no manejo do gado

Jack foi o primeiro boiadeiro australiano que a estudante de medicina veterinária Helena Curi trouxe para casa. Apaixonada pela raça, ela comprou o animal no início da faculdade, quando passou a morar sozinha.

“Uma das características que mais me chamou atenção foi a lealdade forte a um único dono”, relembra.

A raça surgiu no século 19, a partir do cruzamento de animais das raças dingo e kelpie. Colonos ingleses utilizavam esses cães no manejo do gado em regiões inóspitas da Austrália. Hoje, existem duas pelagens bastante características: os blue heeler, de cor azul-acinzentada, e os red heeler, de pelo vermelho-alaranjado.

Heeler, aliás, significa calcanhar — alvo das mordiscadas dos boiadeiros australianos. Os cachorros miram as patas e “empurram” o gado na direção do comando.

Segundo Helena, a maioria dos animais da raça apresenta, desde cedo, aptidão para o trabalho. Para ela, na hora de escolher um filhote, o pecuarista precisa observar quais se mantêm atentos ao gado. “

Se ele fica com o olho no bezerro, pode ter certeza que será um animal de fácil treinamento”, afirma.

A universitária costuma apresentar os filhotes à fazenda aos três meses de vida após vaciná-los corretamente. “Mas o treinamento pesado é só a partir dos seis ou sete meses. Nesta idade, ele está com a estrutura formada e entende melhor os comandos”.

Ela considera a ajuda dos cachorros muito bem-vinda, principalmente no manejo de pequenos lotes de animais. “A gente começa a pé. Então, mandamos o cão na frente e não precisamos ficar correndo atrás do rebanho”, diz.

É BOM SABER!

Expectativa de vida: 10 a 13 anos
Altura: 43 a 50 centímetros
Peso: 15 a 20 quilos

Projeto adestra cães para a lida com gado

Fonte: Canal Rural

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com