Boletim FAESP: leite registra alta de 13,41% nos preços pagos aos produtores

PARTILHAR
Foto: Divulgação

As maiores variações negativas nos preços, também na comparação mensal, foram o tomate, alface americana e alface crespa.

O Boletim de Preços Agropecuários que traz o acompanhamento mensal de preços pagos aos produtores paulistas, já está disponível.

A edição nº 11 da publicação, elaborada pelo Departamento Econômico da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp), contém dados de julho de 2022, obtidos junto à Conab e Cepea/Esalq.

leite, que vem de uma sequencia de altas, apresentou aumento de 13,41% na comparação entre os meses de junho e julho.

Outras principais altas nos preços foram a banana nanica (41,34%), batata-doce (22,44%) e amendoim em casca (12,28%). Entre as proteínas de origem animal, a maior alta foi na carne suína (10,02%).

As maiores variações negativas nos preços, também na comparação mensal, foram o tomate (queda de 24,72%), alface americana (-24,3%) e alface crespa (-18,24%).

Fonte: FAESP

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com