BR Agro Bank, o banco dos produtores rurais; Confira

PARTILHAR
Foto: Pixabay

O banco pretende atender o mercado do agronegócio com um pacote de serviços segmentado, oferecendo taxas mais competitivas; Banco estreia com meta de abrir 1 milhão de contas.

Criada por um grupo de produtores rurais do Centro-Oeste, empresários do setor e investidores, uma fintech BR Agro Bank entra em operação nesta semana com a meta de abrir 1 milhão de contas em dois anos. A partir do dia 16, a empresa vai oferecer serviços como empréstimo e seguro rural , entre outros.

A fintech BR Agro Bank estreia nesta semana com a oferta de empréstimo e seguro rural para o mercado de agronegócio brasileiro, entre outros serviços. De acordo com o Valor Econômico, a meta da fintech é abrir 1 milhão de contas em dois anos.

Para isso, a BR Agro Bank aposta principalmente no seguro rural. Serão 150 opções já na safra 2021/22, a taxas capazes de atrair mesmo quem toma recursos em outros bancos, informa o Valor. O mercado para esse serviço financeiro movimenta cerca de R$ 7 bilhões por ano e tem baixa cobertura.

Segundo o Carlos Vicente Rondon, economista da BR Agro Bank, a fintech prevê oferecer seguro que terá custo por hectare de R$ 80 a R$ 150, abaixo da média atual do mercado, afirma ao jornal. Para quem tem grandes lotes para produção, o custo menor de seguro pode garantir uma boa economia financeira por ano.

“Teremos 150 tipos de seguros que abrangem lavouras em geral até com risco de queimadas, propriedades rurais, transporte de carga viva e também pastagens, que é uma modalidade de seguro praticamente inexistente no Brasil”, explica Alípio.

Além disso, a fintech também oferecerá opções para a cobertura de pastagens e transporte de cargas vivas, entre outras atividades. No mais, outros serviços prestados pela fintech Agro serão:

  • linhas de financiamento e refinanciamentos,
  • crédito consignado,
  • consórcio de veículos, máquinas agrícolas e placas solares.

Para o economista da BR Agro Bank, o conhecimento dos fundadores sobre o agronegócio brasileiro dá à startup vantagem em relação à concorrência. A empresa estima um público potencial de 22 milhões de clientes, que se dividem em fornecedores de insumos, equipamentos, transportes e armazéns agrícolas, além de produtores,

“Nosso propósito é trabalhar para gerar a melhor rentabilidade ao produtor”, diz Alípio Oliveira, presidente do conselho de administração da BR Agro Bank.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com