Brasil pode colher mais de 133 milhões de toneladas de soja em...

Brasil pode colher mais de 133 milhões de toneladas de soja em 2021

PARTILHAR
agropecuaria bom futuro
Foto: Bom Futuro Agropecuária

Entidade comunicou nesta terça-feira, 25, que fez uma revisão nos números das safras de soja dos últimos 7 anos, incluindo a de 2019/2020. Confira!

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou nesta terça-feira, 20, a sua primeira estimativa para a safra de soja 2020/2021. A entidade acredita que o país irá colher 133,5 milhões de toneladas, ou seja 7% a mais que os volumes revisados da safra 2019/2020.

Os dados fazem parte da “Perspectivas para a Agropecuária Safra 2020/2021”, apresentada em uma live que contou com a presença da ministra da Agricultura, Tereza Cristina. “Se o Brasil realmente conseguir colher tudo isso se manterá com certeza como o maior produtor mundial do grão”, afirma Tereza Cristina.

A projeção de aumento da colheita da soja decorre da expectativa de melhor produtividade, que pode chegar a uma média de 3.526 quilos por hectare (58,8 sacas de 60 quilos), e também da ampliação na área, estimada em 3% (atingiria 37,86 milhões de hectares). O avanço do grão ocorre principalmente em áreas de pastos degradados, de renovação de cana-de-açúcar e também há casos de troca de cultura.

Revisão das últimas 7 safras

A projeção para a nova safra 2020/2021 representa um aumento de 7,3% ante a safra de 124,4 milhões de toneladas colhida em 2019/2020. Vale ressaltar que em julho a previsão era de uma colheita de 120,9 milhões de toneladas de soja, mas a Conab revelou que está revisando as últimas sete safra de soja, o que gerou uma mudança nos números atuais.

“A safra 2019/2020 passa dos 124,4 milhões de toneladas, já com esse ajuste realizado, 4 milhões de toneladas a mais do que era previsto até então para a safra. A nova safra será 7,3% maior que essa de 2019”, diz Tereza.

Segundo o presidente da Conab, Guilherme Bastos, “não há nenhum receio em divulgar essa revisão, desde que haja compromisso com a qualidade dessa informação.”

Promessas para a soja

Ainda durante a live desta terça, a ministra da Agricultura ressaltou que com o aumento da produção de soja e outros grãos o Brasil terá o compromisso de encontrar novos mercados para seus produtos.

“Com mais grãos saindo dos campo, precisaremos de mais mercados. E essa é uma das prioridades do Ministério da Agricultura em minha gestão, abrir mais mercados. O Brasil precisa disso, pois a safra de grãos cresce a cada ano”, afirma Tereza.

Segundo a Conab, as exportações brasileiras de soja podem aumentar 5,8%, indo para 86,79 milhões de toneladas, sendo que a China pode comprar cerca de 80% desse volume.

Fonte: Por Daniel Popov, de São Paulo

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.