Cantor Sorocaba tem o maior rancho do Quarto de Milha

PARTILHAR

O artista, além da fama pelos palcos Brasil afora, também se destaca na criação de cavalos Quartos-de-Milha de linhagens para trabalho e também esporte.

O avô do cantor, o saudoso quartista Nelson Fakri, fundou a Central do Rancho das Américas em Porto Feliz-SP há 30 anos, selecionando cavalos e éguas para trabalho e esporte, sobretudo para a corrida, ganhando reconhecimento internacional como um dos maiores bancos genéticos da raça. Conheça as propriedades do cantor Sorocaba, da dupla Fernando & Sorocaba, veja o video!

Além de ser um dos grandes herdeiros do império do Quarto de Milha do Rancho das Américas, o cantor possui outras propriedades, uma mais famosa localizada em Jaguariúna, no interior de São Paulo. A propriedade já foi palco de vários shows e gravações da dupla sertaneja que é sucesso em todo o país e no mundo!

Junto com os pais, Renata e José Carlos, e os irmãos Fábio, Juliana e Karina, passou grandes momentos de sua vida na fazenda da família em Sorocaba. De lá também herdou a paixão por country americano, cavalos e esportes com laço, no qual se tornou campeão de várias provas. Sorocaba ganhou o primeiro violão da avó aos 11 anos, mas não prestou muita atenção ao presente.

Na adolescência  fazia paródias pra perturbar as irmãs, e assim ensaiava os primeiros para desenvolver o gosto pela composição. Aos 15 anos, se acidentou numa queda de cavalo e ficou com sequelas no joelho. Natural de São Paulo, capital, nascido em 15/09/1980, Sorocaba sempre foi apaixonado por música e cavalos. Sempre muito dedicado, foi ganhador de diversos prêmios em competições eqüestres.

Aos 20 anos, especificamente no ano 2000, ingressou no curso de agronomia da universidade estadual de Londrina / PR, onde recebeu de seus colegas o apelido de Sorocaba, devido a localização da fazenda onde foi criado, que situava-se na cidade de Sorocaba / SP. Foi aí que o bichinho da música mordeu de vez. Em 2005 se formou, mas a profissão de agrônomo se tornava cada vez mais distante. Já a musica, sempre esteve em suas veias, e, no período de universidade já compunha, tocava e fazia sucesso nos bailes da faculdade e repúblicas.

História do Rancho das Américas

No início da década de 80 nascia o Haras Rancho das Américas, de José Nelson Fakri, um dos grandes nomes do cavalo no Brasil. O amor que ele tinha por cavalos foi impulsionado quando o amigo Tony Persone lhe vendeu um garanhão e logo após duas reprodutoras.

Com a “faca e o queijo” na mão, Sr. Nelson iniciou o que seria um dos melhores criatórios de cavalos do País. Após o início no Km 157 da Rodovia Castelo Branco uma nova propriedade foi adquirida, no Km 101 da mesma rodovia, que passou a ser o local onde existiam expoentes animais e também leilões e provas.

O Haras Rancho das Américas foi pioneiro ao trazer garanhões de ponta dos Estados Unidos. Este intercâmbio seria incrementado quando foi criado, anos depois, a Central Internacional de Reprodução Rancho das Américas.

Tantos nomes importantes em seu criatório fizeram com que o Sr. Nelson investisse na parte de reprodução, tendo com braço direito Valdemar De Giuli Jr e Denise Florêncio de Athaide, veterinários, hoje sócios dele na Central Internacional de Reprodução.

Por se tornar um local de credibilidade e idoneidade, o Rancho passou a receber garanhões e matrizes de todos os locais, os proprietários enviavam seus melhores animais para coleta e inseminação.

Cantor, Sorocaba, é acusado de maus tratos em rodeio

O sertanejo, então, decidiu não se calar sobre o assunto e rebateu o comentário, se defendendo e afirmando que seus cavalos “são mais bem cuidados do que cachorro de madame”.

“Sugiro que venha primeiramente a entender o que é a prova de rédeas. Conheça do que se trata antes de julgar. Talvez a rédeas seja o esporte equestre que exija a maior lealdade do cavalo, e ninguém é verdadeiramente leal fazendo algo que não gosta”, completou.

Os últimos 15 anos foram dedicados a Central de Reprodução, hoje uma Central Internacional, por conta do forte trabalho feito nos Estados Unidos onde o Rancho das Américas tem uma enorme credibilidade, calcada pelo trabalho sério dos envolvidos.

Ao longo dos anos, o Rancho aprimorou técnicas utilizadas na reprodução, o que culminou na ida da equipe de veterinários aos Estados Unidos. Com o intercambio de informações técnicas o Rancho trouxe ao Brasil procedimentos inovadores que passou a disponibilizar na prestação de serviços.

Com o aumento do interesse dos proprietários em encaminhar seus animais ao Rancho, o foco ficou mesmo voltado para a reprodução, passando o Rancho das Américas a ser uma Central de Reprodução e não mais local de provas e leilões.

Em 2005 o espaço foi vendido e um novo foi adquirido, na Rodovia Antonio Pires de Almeida km 19,3 em Porto Feliz – SP. O antigo local estava muito grande, e segundo o Sr. Nelson “havia fugido dos propósitos, estava desatualizado”. Uma proposta irrecusável culminou, porém, para a definição da venda. O novo local foi especialmente projetado.

Os sócios possuem espaço de 20 alqueires às margens da rodovia, com as vias internas asfaltadas, com fácil acesso às cocheiras em alvenaria, sendo as pastagens delimitadas por cerca de madeira. A estrutura implantada permitiu que começassem a realizar as atividades relacionadas à reprodução. O Rancho das Américas passou, então, a ser uma “máquina de produzir”.

A intenção da Central é ser a casa de todo mundo, ter todos como parceiros e trabalhar com todas as raças!

https://www.youtube.com/watch?v=4KqGD9oDEs0&ab_channel=MakingOfSertanejo

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com