Carregando a boiada usando cachorros Border Collie; vídeo

PARTILHAR
carrochos carregando gado
Foto: Reprodução

A raça Border Collie é considerada uma das mais inteligentes e leais; na pecuária é usada muito para pastorear várias espécies, de velhas e bovinos

O Border Collie é um pacote de energia física e mental só esperando para se soltar no mundo. É uma das raças mais inteligentes e obedientes. Se puderem fazer exercícios suficientes, ele é um companheiro fiel e leal. Ele se concentra em tudo que faz e costuma encarar, o que costuma irritar outros animais. Ele também gosta de caçar outros animais. Ele é desconfiado e protetor em relação a estranhos.

Poucos cães são tão voltados para o trabalho como o Border Collie. Esse é um cachorro que precisa de uma ocupação. Ele precisa de muita atividade física e mental todos os dias pra satisfazer suas necessidades de trabalho. Ele adora ficar com a família. Seu pelo precisa ser escovado ou penteado de uma a duas vezes por semana.

O Border Collie descende dos cães da Escócia. O seu nome é proveniente da região dos pequenos vales dos Border, na fronteira com a Inglaterra. Os animais se desenvolveram com a ajuda de pastores que habitavam a região.

Aqui no Brasil não é difícil de encontrar adestradores da raça, no Mato Grosso do Sul um professor universitário faz o adestramento de animais da raça. Marcelo Monteiro criou o projeto Cão Pastor que tem em seu foco o treinamento de cães de pastoreio. Duas raças são normalmente usadas para o pastoreio no Brasil, que são o Border Collie e Australian Cattle Dog, ou Boiadeiro Australiano, também chamado de Blue Heeler ou Red Heeler, que é uma raça de cães oriunda da Austrália.

Muito usado no pastoreio de ovelhas os cães da raça Border Collie também são usados na apartação de gado, no vídeo abaixo é possível conferir uma matilha da raça, muito bem adestrada, embarcando uma boiada em um trailer, é incrível o trabalho, confira:

O vídeo é da Satus Stockdogs & Livestock, que fica na cidade de Toppenish, no estado de Washington, Estados Unidos. Em seu perfil no facebook ele diz – “Tento criar cães de fazenda resistentes que sejam capazes de lidar com todos os aspectos do trabalho na fazenda. Alguns são bons cães de prova.”

A raça é tão indicada para o trabalho que um banco do Sul do país criou uma nova modalidade de crédito voltada ao agronegócio. O banco tem um financiamento específico para aquisição de cães da raça Border Collie. Capazes de pastorear até 200 ovelhas, cada exemplar canino pode custar entre R$ 7 mil e R$ 15 mil após o treinamento, que dura cerca de um ano e só deve começar depois de 12 meses de idade.

Existe um mercado muito grande para a raça em todo mundo. Inclusive já noticiamos aqui dois animais vendidos a preço recorde. A border collie Megan, vendida por R$ 107 mil no condado de Northumberland, norte da Inglaterra, em fevereiro deste ano, era considerada o cão pastor mais caro do mundo. Aqui no Brasil tivemos um recorde também, o cachorro Radar foi vendido pelo valor de R$ 160 mil reais.

E aí, deu vontade de ter um Border Collie?

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.