Cavalo movimenta cerca de R$ 30 bilhões por ano no Brasil

PARTILHAR
Cavalo movimente cerca de R$ 30 bilhões por ano no Brasil
Foto: Ana Eduarda Souza

Segundo estimativas da Organização das Nações Unidas, estima-se que indústria do cavalo movimente cerca de R$ 30 bilhões por ano no Brasil

De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), o Brasil possui a 4ª maior tropa de cavalos do mundo. No país, estima-se que a Equideocultura já movimente R$ 30 bilhões. Ocupando um espaço cada vez mais importante no agronegócio, o setor apresenta expressivo potencial econômico e social. Com um dos maiores plantéis do país – que soma 650 mil animais registrados, o Quarto de Milha se destaca no segmento.

Todos os anos, a raça realiza mais de mil provas oficiais e oficializadas, em todo o território nacional, gerando 130 mil inscrições, nas 23 modalidades praticadas pelo cavalo. Para o presidente da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), Caco Auricchio, esses números são reflexo do alto investimento que o setor vem fazendo em melhoramento genético e na profissionalização de profissionais, treinadores e competidores.

“O cavalo hoje não é utilizado somente na agropecuária, mas no esporte e ainda na Equoterapia. Precisamos desmistificar as práticas esportivas, mostrar pra sociedade que a relação homem e animal vem, originalmente, do campo. “Devemos combater o preconceito pelos Esportes Equestres e conquistar o devido reconhecimento que o setor merece. O cavalo é nossa paixão e emprega milhões de pessoas”, defende o presidente da ABQM.

“A ABQM tem uma extensa agenda ESG no setor equestre. Nossas competições, por exemplo, além de sempre priorizarem o Bem-Estar Animal, contam com categoria de paratletas em suas provas. Em parceria com a Associação Nacional de Equoterapia (ANDE-Brasil), apoiamos também a expansão de centros de Equoterapia em todo o país. Hoje já são 22, mas temos como meta alcançar todas as capitais brasileiras, até o final de 2023”, garante Auricchio.

Indústria do Cavalo

Segundo levantamento da ABQM, somente em Araçatuba (SP), as provas oficiais do Quarto de Milha injetam cerca de R$ 30 milhões todos os anos na economia local, além de movimentar negócios de vários setores e aumentar oportunidades de emprego para a população. Até o dia 1º de maio, a cidade sediará o 31º Congresso Brasileiro do Quarto de Milha. Mais de 10 mil conjuntos foram inscritos nas provas que ocorrem em 18 modalidades esportivas.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.