Cerveja gera 2,7 milhões de empregos, veja!

Cerveja gera 2,7 milhões de empregos, veja!

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Setor responsável pela criação de 2,7 milhões de empregos no país terá fórum permanente para discussão de seus problemas, a iniciativa é do Mapa!

O Ministério da Agricultura terá uma câmara setorial exclusiva para discutir os problemas do setor cervejeiro brasileiro, o terceiro maior do mundo, com mais de 1.000 empresas registradas e 14 bilhões de litros consumidos por ano.

A ministra Tereza Cristina assinou nesta quinta-feira (3) a portaria instituindo a Câmara Setorial da Cerveja, que reunirá todas as entidades representantes do setor produtivo.

Até hoje, o Mapa tinha duas câmaras no setor de bebidas: a de Viticultura, Vinhos e Derivados e a da Cachaça. Ao todo, são 30 câmaras setoriais e cinco temáticas, abrangendo todos os setores da cadeia produtiva da agropecuária.

A câmara temática deverá ser instalada ainda na segunda quinzena de outubro, junto com a primeira reunião de trabalho do novo colegiado.

O setor de cerveja representa cerca de 2% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, gera cerca de R$ 25 bilhões em impostos por ano, é responsável por 2,7 milhões de empregos e tem um faturamento da ordem de R$ 100 bilhões.

O propósito da câmara é que os problemas do setor sejam discutidos em conjunto por todas as entidades representantes dos produtores, inclusive a Associação Brasileira da Cerveja Artesanal (Abracerva). O número de cervejarias artesanais está em rápida expansão no Brasil.

Também farão parte da câmara a Associação Brasileira de Bebidas (Abrab), a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CerveBrasil) e o Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindicerv). De acordo com o geógrafo Eduardo Marcusso, da Coordenação-Geral de Suporte Econômico do ministério, a criação do colegiado estava sendo planejada há dois anos. 

Segundo ele, a câmara terá o papel de promover o debate em pé de igualdade entre todos os players da indústria da cerveja, que reúne algumas das maiores empresas do país e também pequenas empresas de produção artesanal.

“Vamos produzir um debate em prol da cadeia como um todo”, disse Marcusso. “Desejamos que a câmara possa gerar importantes produtos para subsidiar ações de melhoria pelo Ministério e pelas entidades interessadas, promovendo ganhos para toda a sociedade”.

Cerveja artesanal

Um dos objetivos da câmara será fomentar a revolução da cerveja artesanal no Brasil. Nos Estados Unidos, as cervejarias artesanais movimentam US$ 27 bilhões por ano. No Brasil, não há dados específicos sobre a economia das empresas artesanais, a não ser os dados do próprio Ministério a partir do registro formal de novas cervejarias.

Os números mostram a importância do setor para o país e os debates promovidos na câmara irão fazer crescer ainda mais um setor que possa pela revolução das cervejas artesanais. 

Fonte: MAPA

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com