China terá recorde na importação de carne

China terá recorde na importação de carne

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Importações de carne da China parecem disparar para recorde na escassez de carne de porco; Total deve atingir 9,5 milhões de toneladas em 2020. Veja!

As importações de carne da China este ano estão a caminho de atingir os maiores números já registrados, com o maior consumidor de carne suína do mundo aumentando suas compras para atender à demanda, depois que a peste suína africana reduziu o plantel chinês.

As importações de carne e vísceras em 2020 podem ultrapassar 9,5 milhões de toneladas, um recorde histórico, disse Wang Bin, diretor de departamento do ministério do comércio, em uma conferência sobre carne na China International Import Expo em Xangai, no fim de semana. A China é um grande impulsionador do comércio global de carne este ano, disse ele.

A China comprou 8,2 milhões de toneladas de carne e vísceras nos primeiros 10 meses do ano, um aumento de 69% no ano, dados oficiais da alfândega mostraram no sábado. A China também está importando de mais países, incluindo os da Europa, o maior fornecedor do país, bem como dos Estados Unidos e da América do Sul, disse Wang.

Wang vê um grande potencial para as importações de carne, mas a suspensão da produção por alguns processadores de carne no exterior ainda cria incerteza sobre o fornecimento no curto prazo, disse ele. A China também intensificou as inspeções de embarques de carne e frutos do mar para o exterior para tentar evitar a potencial transmissão do coronavírus.

Wang estimou que as importações de carne suína e miudezas podem atingir 3 milhões de toneladas em 2021, enquanto as importações de carne bovina e de carneiro podem chegar a cerca de 2 milhões de toneladas.

A oferta doméstica de carne suína deve se recuperar aos níveis normais na segunda metade do ano que vem, já que as fazendas estão reconstruindo ativamente os rebanhos. O consumo de carne suína também pode aumentar significativamente no próximo ano, depois que os preços recordes afetaram a demanda, disse Wang. Os preços da carne suína na China caíram nos últimos dois meses.

Fonte: Bloomberg

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com