Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Conheça os maiores fazendeiros dos principais estados do Brasil

Você tem conhecimento dos maiores fazendeiros de cada estado do Brasil? Agora, imagine que um deles também é um renomado apresentador. Descubra quem são!

O Brasil é um país que se destaca na pecuária e agricultura, permeando todos os cantos do território nacional, cada região com sua cultura e método peculiar de criação. No portal da Compre Rural já apresentamos diversos artigos que contam as trajetórias de renomados fazendeiros brasileiros. Neste artigo, exploraremos os maiores fazendeiros de cada estado do Brasil. Será que você já conhece o principal fazendeiro do seu estado? Descubra agora! Não se esqueça de entrar em nosso canal do WhatsApp para ficar por dentro do mundo do agronegócio.

Acre

Começaremos pelo Acre, um estado onde muitos já conhecem o principal fazendeiro, o renomado apresentador Ratinho. Nos últimos tempos, o apresentador compartilhou detalhes sobre suas aquisições, revelando que possui duas fazendas no estado. Uma delas, com 150.000 hectares, é a maior do Acre e a principal propriedade do apresentador.

A outra possui quase 40.000 hectares, totalizando quase 200.000 hectares de floresta. Ratinho menciona que, embora não esteja cultivando nada, a área permite a extração de madeira, dentro da legalidade.

Conheça os maiores fazendeiros de cada estado do Brasil
Foto: Compre Rural

Piauí e Maranhão

Em relação ao Piauí e Maranhão, falaremos sobre dois estados juntos. José Antônio Gorgen, conhecido como Zezão, é um dos maiores fazendeiros de todo o Nordeste e o produtor rural mais rico desses estados.

Conheça os maiores fazendeiros de cada estado do Brasil
Foto: Divulgação

Ele faz parte do grupo Riza, atuando em agricultura, fertilizantes, máquinas, defensivos, logística e trading. Iniciando suas atividades em 1991, Zezão e sua esposa, Salete Terezinha, gaúchos, adquiriram a Companhia Agrícola do Ribeirão em Baixa Grande do Ribeiro, no Noroeste do Piauí. Além dessa fazenda de cerca de 20.000 hectares, a Riza possui outras quatro propriedades no Piauí e Maranhão, totalizando aproximadamente 45.000 hectares de plantio.

Rondônia

Em Rondônia, Nadir Razini destaca-se como responsável pelo maior confinamento de gado do estado, conhecido como Fazenda Juliana, situada a 40 km de Chupinguaia, a Fazenda teve início com modestas 40 cabeças de gado há mais de 27 anos.

Conheça os maiores fazendeiros de cada estado do Brasil
Foto: Divulgação

Atualmente, movimenta cerca de 75.000 cabeças por ano, incluindo o gado de outro confinamento em Ariquemes. A produção de milho destinada ao gado é uma prática constante. A Fazenda se destaca ainda por sua ênfase em sustentabilidade, adotando sistemas de energia renovável e práticas de conservação ambiental.

Conheça os maiores fazendeiros de cada estado do Brasil
Foto: Divulgação

Pará

No Pará, o fazendeiro mais abastado é conhecido como o verdadeiro rei do gado brasileiro, Roque Galhato. Ele e seus irmãos, Fernando Francisco e Luí, controlam o Grupo Gual, cujo plantel ultrapassa 200.000 cabeças, sendo cerca de 150.000 distribuídas em oito fazendas no sul do Pará.

Conheça os maiores fazendeiros de cada estado do Brasil
Foto: Divulgação

Roque, inicialmente um usineiro confortável em Ourinhos, interior de São Paulo, deixou essa vida para trás aos 33 anos em busca de fortuna como pecuarista na Amazônia. O destino foi Sapucaia, na região de Xinguara, a 600 km da capital paraense. Em 1973, aproveitando os incentivos à migração do governo militar para a Amazônia, Roque explorou as terras disponíveis, encontrando na região um ambiente propício para a pecuária, com chuvas abundantes e altas temperaturas equatoriais. Hoje, é considerado o maior pecuarista do Brasil.

Goiás

Os fazendeiros mais ricos de Goiás são João Alves, Marcelo Limírio e Igor Nogueira, proprietários da Fazenda Nova Piratininga, uma das maiores do Brasil. A propriedade foi adquirida por R$ 310 milhões e agora vale mais de 3 bilhões de reais após extensas reformas e trabalho em equipe 1. A fazenda possui quase 150.000 hectares e é um dos maiores criadouros de gado do Brasil, atendendo às demandas do mercado nacional. Além disso, a fazenda conta com uma vasta plantação de milho e soja, com investimentos maciços em agricultura de precisão.

Foto: Claudio Gatti

Minas Gerais

Além de ser uma das fazendas mais premiadas do Brasil, em Minas Gerais, não conseguimos identificar o atual maior fazendeiro do estado. No entanto, o título de maior dono de fazendas da história do Brasil pertence a Antônio Luciano, natural de Minas Gerais.

Foto: Divulgação

Ele é proprietário de incríveis 300 fazendas, 30.000 terrenos, mil casas para aluguel e todos os cinemas de Belo Horizonte. Pode parecer a descrição de um conglomerado empresarial ou das propriedades de uma cidade inteira, mas surpreendentemente, tudo isso pertencia a um único homem. Antônio Luciano, conhecido como o maior dono de fazendas e terrenos da história do Brasil, teve um impacto significativo, especialmente na capital mineira, sendo até apelidado de “dono de Belo Horizonte”. No entanto, a herança deixada por ele é objeto de uma disputa contínua entre seus 30 filhos, fruto de relacionamentos com 23 mulheres diferentes. Se você for de Minas Gerais e souber quem é o maior fazendeiro do estado atualmente, compartilhe nos comentários.

São Paulo

José Batista Sobrinho, mais conhecido como Zé Mineiro, é reconhecido como um renomado pecuarista nacional e bem-sucedido empresário brasileiro, nascido em Carmo do Rio Claro em 23 de março de 1933. Ele é o fundador da maior empresa de carne bovina do mundo, a JBS.

O império teve início com o abate de apenas uma cabeça por dia nos anos 50 e hoje possui mais de 113.000 cabeças confinadas em todo o país. Inicialmente, um simples talan de Anápolis, cidade do estado de Goiás, José Batista Sobrinho fundou a JBS em 1953, inicialmente como “Casa de Carnes Mineira”.

Foto: Montagem Compre Rural

A empresa iniciou sua expansão durante a construção de Brasília, fornecendo carne para as grandes construtoras e empreiteiras envolvidas na criação da nova capital federal. Conhecido como Zé Mineiro, ele batizou a empresa de Friboi nos anos 70 e, nos anos 80, passou a administração dos negócios para seu filho mais velho, José Batista Júnior. Zé Mineiro, atualmente, não está mais envolvido diretamente no trabalho.Dentro do grupo, a liderança foi assumida pelos dois filhos mais novos, Joesley e Wesley Batista. Atualmente, a JBS possui diversas fazendas de gado confinado em cidades do interior de São Paulo e outros estados, totalizando mais de 100.000 cabeças de gado. A empresa é avaliada em quase R$ bilhões de reais.

Mato Grosso

Blairo Maggi é o proprietário da Amaggi, uma das maiores empresas agrícolas do Brasil. Herdeiro de André Maggi, que expandiu os negócios para o Mato Grosso no final dos anos 70, Blairo Maggi fundou as Sementes Mag, que posteriormente se tornou o Grupo Amaggi.

Foto: DIvulgação

Atualmente, é um dos maiores produtores de soja do mundo. Nos anos 1980, fundou o município de Sapezal, do qual se tornou prefeito. A empresa possui mais de 252.000 hectares dedicados à pecuária, agricultura e reflorestamento apenas no estado do Mato Grosso, divididos em mais de 20 fazendas. O patrimônio de Blairo Maggi é estimado em mais de 10 bilhões de reais.

Rio Grande do Sul

Eduardo Logemann é o presidente herdeiro da SLC Agrícola, uma das maiores empresas agrícolas não apenas no Brasil, mas no mundo. A SLC Agrícola é produtora de soja, milho e algodão, sendo uma das primeiras do setor a ter ações negociadas em Bolsa de Valores globalmente.

Foto: Compre Rural

Com 16 unidades de produção em seis estados brasileiros, a matriz fica em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, totalizando mais de 400.000 hectares. Destes, 125.000 hectares são dedicados ao algodão, 235.000 hectares à soja, 82.000 hectares ao milho e 5.000 hectares a outras culturas. Eduardo considera a empresa uma extensão da família Logemann, que teve início com o sonho do avô Frederico George Logemann e foi desenvolvida com o carinho e dedicação do pai George Antonio Logemann. Eduardo Logemann tem mais de 50 anos de atuação no grupo SLC e é o colaborador mais antigo em atividade na empresa.

Em conclusão, a riqueza e diversidade do agronegócio no Brasil são exemplificadas pelos magnatas do setor em diferentes estados. Dos gigantes do grupo JBS em São Paulo, representados pelos irmãos Joesley e Wesley Batista, às vastas propriedades do empresário Blairo Maggi em Mato Grosso e à liderança da SLC Agrícola por Eduardo Logemann no Rio Grande do Sul, o país se destaca como um dos maiores produtores agrícolas do mundo. Essas histórias de sucesso refletem não apenas o crescimento econômico do setor, mas também a importância de visionários que transformaram suas visões em legados duradouros.

Escrito por Compre Rural

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado pela estagiária Ana Gusmão sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM