Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Conheça os melhores capins para otimizar a produção leiteira

Para maximizar a produção de leite, não basta seguir os princípios básicos da pecuária, a seleção cuidadosa de pastagens desempenha um papel crucial. Conheça os melhores capins para otimizar a produção leiteira

Diversas variedades de gramíneas se mostram viáveis para a nutrição de bovinos leiteiros, sendo a seleção do capim mais apropriado para otimizar a produção de leite condicionada a uma interseção complexa de elementos, incluindo características climáticas, composição do solo, práticas de manejo, oferta no mercado e implicações financeiras.

Além de possuir uma infraestrutura adequada e aderir às melhores práticas de higiene, é importante compreender que a qualidade do pasto e da ração influenciam diretamente na quantidade e qualidade do leite produzido.

É surpreendente perceber que a alimentação das vacas produtoras de leite pode representar de 40% a 60% dos gastos totais em sua propriedade. Portanto, a seleção criteriosa de forragens e a gestão nutricional adequada se tornam aspectos críticos para otimizar a rentabilidade de sua operação leiteira.

melhores capins
Foto: Divulgação

Fonte nutricional

Para otimizar a produção de leite em seu rebanho bovino, é imprescindível adotar uma abordagem metódica e cuidadosa que permita aumentar a produção sem prejudicar o bem-estar dos animais. A gestão da pastagem desempenha um papel central nesse processo, pois não basta possuir animais de alta genética; é igualmente essencial garantir a disponibilidade de nutrientes de alta qualidade.

Portanto, uma vez que a nutrição representa frequentemente a principal despesa na pecuária leiteira, correspondendo a aproximadamente 70% do total. Um manejo econômico das pastagens é fundamental para evitar que os resultados produtivos fiquem aquém do desejado.

A escolha do tipo de pastagem para vacas leiteiras requer uma compreensão profunda das variedades de gramíneas que melhor se adequam à capacidade produtiva do rebanho, às condições climáticas locais e às necessidades proteicas, energéticas, minerais e vitamínicas dos animais. Vários fatores desempenham um papel significativo na qualidade da pastagem e, por consequência, na produção de leite, incluindo:

  • Condições climáticas, tais como temperatura ambiente e disponibilidade de luz solar;
  • Acesso à água e níveis de fertilidade do solo;
  • Densidade populacional e taxa de ocupação do pasto;
  • Programação e intervalos de pastejo;
  • Potencial genético dos animais.

Além desses fatores, é crucial considerar o estado fisiológico dos animais, que varia de acordo com a espécie e estágio de produção dentro da pecuária leiteira. Portanto, uma abordagem holística e informada é essencial para maximizar a produção de leite de maneira sustentável e eficiente.

Conheça os melhores capins para maximizar a produção leiteira

Capim elefante

O capim-elefante é uma escolha amplamente difundida na produção de leite, de acordo com a Embrapa, devido ao seu elevado valor nutritivo em comparação com outras variedades de gramíneas. No entanto, é fundamental destacar que, se a sua área apresenta condições de alagamento, é aconselhável buscar uma alternativa de forrageira que se adeque a essa característica específica.

melhores capins
Melhores capins. Foto: Divulgação

O capim-elefante, em particular, não é adequado para regiões propensas a alagamentos. Portanto, o local escolhido para seu cultivo deve possuir uma drenagem eficaz e, de preferência, estar situado nas proximidades do estábulo, a fim de simplificar o manejo.

Capim Mombaça

O capimm mombaça é uma variedade de capim tropical conhecida por sua elevada produtividade, resistência à seca e sabor apreciado pelo gado. Devido ao seu teor rico em proteínas e energia, ele pode ser uma escolha vantajosa para potencializar a produção de leite. No entanto, é crucial adotar práticas de manejo adequadas para evitar a compactação do solo e a depleção de nutrientes, garantindo assim a sustentabilidade e eficiência da pastagem.

Capim Braquiária 

A braquiária destaca-se pela sua capacidade de rebrota e cobertura vegetal. Se você reside em uma região montanhosa, essa variedade merece destaque prioritário em sua lista de opções. Ao utilizar a devida adubação, a braquiária produz resultados satisfatórios, mesmo em solos com teores elevados de alumínio e teores reduzidos de fósforo e cálcio. Estes últimos elementos desempenham um papel crucial na nutrição das vacas leiteiras.

melhores capins
Melhores capins. Foto: Divulgação

No entanto, é importante lembrar que essas são apenas diretrizes gerais, caro produtor. Cada sistema de produção e tipo de solo demanda abordagens específicas para alcançar um desempenho e resultados ótimos.

Além de cuidar da qualidade da pastagem, é fundamental manter o cocho sempre abastecido adequadamente, atentando não apenas para a quantidade, mas também para a qualidade da alimentação oferecida às vacas.

Capim Tanzânia

O capim tanzânia, uma variedade tropical conhecida por sua produtividade elevada e pelo sabor atraente para o gado, destaca-se também por sua resistência à seca e à compactação do solo. Com teores significativos de proteínas e carboidratos, ele surge como uma escolha promissora para impulsionar a produção de leite. No entanto, é imperativo adotar práticas de manejo criteriosas para prevenir a compactação do solo e a depleção de nutrientes, assegurando assim a sustentabilidade e eficácia da pastagem.

melhores capins
Melhores capins. Foto: Divulgação

De acordo com um estudo conduzido pelo Departamento de Zootecnia da Esalq, a melhor época para introduzir as vacas leiteiras no pasto é quando o capim-elefante atinge uma altura de 100 cm.

Nesse estágio, o capim atinge seu pico de valor nutricional, resultando em um aumento da eficiência na produção de leite.

Quando colocar as vacas leiteiras no pasto

Quando a pastagem ultrapassa o ponto ideal de consumo, ela tende a tornar-se fibrosa, impactando negativamente a digestão dos animais. Portanto, é crucial estar atento ao momento adequado para retirar as vacas e permitir que a forragem descanse, uma vez que o processo de rebrota é fundamental. O excesso de consumo compromete a capacidade de recuperação da pastagem.

Apresentamos neste conteúdo os melhores capins para ajudar o pecuarista a maximizar a produção leiteira, garantindo um alimento que é nutricionalmente eficaz para suprir as necessidades básicas dos animais de produção. Entretanto, cabe ressaltar que cada região e tecnologia utilizada, deve ser levada em consideração ao escolher o capim a ser implantado na propriedade rural.

ℹ️ Conteúdo publicado pela estagiária Ana Gusmão sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM