Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Consumo interno dos Cafés do Brasil atinge 21,7 milhões de sacas em doze meses

Tal consumo representa 39,4% da safra do ano-cafeeiro 2023 que foi estimada em 55,07 milhões de sacas de 60kg.

O consumo interno dos Cafés do Brasil, no acumulado de doze meses, especificamente no período de novembro de 2022 a outubro de 2023, atingiu um volume físico total equivalente a 21,67 milhões de sacas de 60kg. Referido consumo inclui 20,62 milhões de sacas de café torrado e moído, as quais equivalem a 95,1% desse consumo, e, adicionalmente, 1,05 milhão de sacas de café solúvel que representam 4,9% da demanda total interna. Com base em tais dados estima-se que o consumo per capita no país foi de 6,4 kg no período.

Como a safra do ano-cafeeiro 2023 foi estimada em 55,07 milhões de sacas do 60kg, constata-se que o consumo interno desse período correspondeu a aproximadamente 39,4% da produção total dos Cafés do Brasil. Dessa forma, tal performance do consumo registrou um ligeiro incremento de 1,64%, na comparação com o período anterior, que, no caso, foi de 21,32 milhões de sacas. Entretanto, como a safra do ano-cafeeiro anterior foi ligeiramente menor, em torno de 50,9 milhões de sacas, seu respectivo consumo interno, proporcionalmente, representou obviamente uma percentagem maior (41,9%) em relação à safra de 2022.

Neste mesmo contexto do consumo dos Cafés do Brasil, no período analisado, merece destacar a participação, em ordem decrescente, das cinco regiões geográficas brasileiras. Assim, constata-se que o consumo da Região Sudeste, que foi o equivalente a 9,0 milhões de sacas de 60kg, correspondeu a 41,76% da demanda nacional, e que, na sequência, vem a Região Nordeste, com 5,82 milhões de sacas, consumo que equivale a 26,9% do total nacional.

Concluindo esse ranking, verifica-se que a Região Sul ocupa a terceira posição, pois o seu respectivo consumo de café atingiu um volume de 3,18 milhões de sacas, as quais representam 14,7% da demanda nacional; e que, a Região Norte, cujo consumo foi de 1,86 milhão de sacas (8,6%), se destaca em quarto lugar; seguida da Região Centro-Oeste, na quinta posição, com o consumo de 1,73 milhões de sacas, que representam aproximadamente 8% do total dos Cafés do Brasil consumido no período analisado.

Os números e dados estatísticos do consumo do café brasileiro que estão sendo objeto desta análise divulgada pelo Observatório do Café, do Consórcio Pesquisa Café, coordenado pela Embrapa Café, foram obtidos do site da Associação Brasileira da Indústria do Café – ABIC, instituição que divulga nesse portal várias informações e análises complementares sobre Indicadores da Indústria do Café, Desempenho do Setor, Exportações Brasileiras de Café Torrado, Preços no Varejo e Pago ao Produtor, entre várias outras informações relevantes do agronegócio café brasileiro, que valem a pena serem conferidas.

Fonte: Embrapa Café

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado por Myllena Seifarth sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM