Dupla invade terra e mata gado; Veja o que a polícia fez

PARTILHAR
@pmmsoficial

Conforme a Polícia Civil, somente este ano, já haviam registrados 28 ocorrências da dupla. Os criminosos adentram na propriedade rural e matam violentamente os animais para venda de pedaços de carne.

Foi justamente em um dos estados onde a força do agronegócio é tão importante, em Mato Grosso do Sul, que no último sábado (26), uma dupla de invasores de terra fizeram mais um animal de vítima e, ainda pior, de forma violenta. Conforme a Polícia Civil, somente este ano, já haviam registrados 28 ocorrências da dupla. Os criminosos adentram na propriedade rural e matam violentamente os animais para venda de pedaços de carne.

Após invadir uma fazenda, dois homens, que não tiveram os nomes divulgados, foram presos suspeitos de matar gado violentamente para furtar a carne, em Antônio João, a 296 quilômetros de Campo Grande. Eles são investigados por envolvimento em 28 ocorrências de abigeato.

A prisão ocorreu após a Polícia Militar ser acionada, na noite deste sábado (26), para atender ocorrência em uma propriedade rural no município. A vítima informou que quatro homens invadiram a fazenda para furtar gado.

No local, os policiais conseguiram prender dois suspeitos que portavam facas, espingarda, munições e demais objetos utilizados na prática de crimes.

Conforme a Polícia Civil, somente este ano, a delegacia de Polícia de Antônio João registrou 28 ocorrências envolvendo furto de bovinos no município e os dois suspeitos presos ontem podem ter envolvimento. O modo de operar é o mesmo: entram na propriedade e matam violentamente os animais.

Presos em flagrante, eles foram encaminhados até a 1ª Delegacia de Ponta Porã, onde representou pela prisão preventiva.

Os suspeitos foram encaminhamos até a Primeira Delegacia de Ponta Porã, onde foi decretada a prisão em flagrante. Para a garantia da ordem pública, foi solicitada, pelo delegado plantonista Luccas Gomes, ao Poder Judiciário, a decretação da prisão preventiva dos autores.

Arma apreendida com suspeitos era usada para matar gados. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Dupla presa após investigação da Polícia Civil. (Foto: Divulgação)

Polícia frusta roubo de caminhão com carga de agroquímicos

A polícia militar de Chapadão do Sul recebeu informação que um caminhão de cor vermelha semirreboque carregado de agrotóxicos, seria produto de roubo e que o motorista estaria em cárcere privado, rendido por dois autores.

Os policiais solicitaram apoio à base da  BPMRv  e, durante diligências no sentido Chapadão do Sul x Cassilândia, a equipe policial  abordou o veículo com as mesmas características descritas, sendo que no seu interior havia três pessoas.

No momento da abordagem ,um dos autores conduzia o veículo, enquanto o outro vigiava a vítima e ameaçava de morte o tempo todo. A vítima informou que era mantida  sob ameaça de morte e cárcere privado e que foi rendida na cidade de Urânia –SP, relatou ainda que os autores diziam que iriam matá-lo e jogá-lo no matagal, mas a chegada da Polícia Militar salvou sua vida.

Um dos autores possui um mandado de prisão em seu desfavor oriundo do estado do Paraná por ameaça e violência doméstica. O veículo e os autores foram encaminhados ao plantão policial para as devidas providências.

🚀 Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? ✅ 👉🏽 Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). 🚜🌱 Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com