Embarques de carne de frango sofrem desaceleração

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Na quarta semana de outubro os embarques de carne de frango apresentaram retrocesso.

Não que se já inviável. Mas a perspectiva de alcançar-se, em outubro corrente, a exportação de 400 mil ou mais toneladas de carne de frango está, por ora, afastada. É que na semana passada, quarta do mês, os embarques efetivados apresentaram retrocesso em relação às semanas anteriores.

Rememorando, no fechamento da terceira semana (10 dias úteis), o volume médio embarcado foi de 20.597 toneladas/dia, resultado que projetava volume total de quase 412 mil toneladas para a totalidade do mês (20 dias úteis).

Mas na semana que passou (cinco dias úteis) o volume médio diário caiu para apenas 13.823 toneladas, volume que fez a média mensal (15 dias úteis) recuar para 18.339 toneladas, resultado que agora sinaliza embarques totais próximos de 367 mil toneladas.

Embora signifique redução de quase 6% sobre as 388.951 toneladas de setembro passado, o volume sinalizado será quase um quarto maior (23,81%) que as 296.242 toneladas de outubro de 2020.

E como este último aumento vem acompanhado de uma valorização anual de 31,51% no preço médio registrado, a receita cambial de outubro corrente, ora prevista em US$652,274 milhões, será 62,82% maior que os US$400,610 milhões de um ano atrás.

Fonte: Avisiste

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com