Especial profissões do campo: Gerente de Fazenda

Especial profissões do campo: Gerente de Fazenda

fazenda-gruta-azul-luizinho-capa
Foto: Thiago Rezende

Ser gerente de fazenda é ter “olhos de dono” e sempre tirar o melhor de cada um sendo um líder.

Nós do Compre Rural em parceria com o Médico Veterinário Marcelo Beretta da Cia Pecuária produzimos o artigo Capataz de Pecuária Moderna que nos rendeu bastante comentários. Marcelo confessou que conhecia uma profissional fantástico que iniciou seu trabalho como capataz aos 17 anos e hoje é gerente de fazenda, confira essa história exclusiva.

Escrito por Thiago Rezende com a colaboração de Marcio Peruchi

Possuir um bom líder assim como uma boa equipe de trabalho, é fundamental para o crescimento e manutenção de qualquer empresa. Na pecuária isso não é diferente, mas encontrar pessoas capacitadas não é tarefa fácil. Formar um exige tempo, dinheiro, dedicação e bons professores. Contratar é quase impossível, pois quem possui faz de tudo e mais um pouco para mantê-los.

Aos 27 anos, Luiz Israel Eliezer, mais conhecido como Luizinho, surpreende por sua capacidade de liderança, gerente da fazenda Gruta Azul com 6.200 hectares no município de Dois Irmãos do Buriti, que faz parte do grupo Cactus do empresário Norberto Soares Leite, que ainda possui outras fazendas no centro-oeste.

fazenda-gruta-azul-luizinho
Foto: Thiago Rezende

O começo dessa história

Com a separação dos pais e não tendo com quem ficar, Luizinho desde os 6 anos acompanhava o pai, capataz de fazenda. Com 8 anos já trabalhava, o que não podia fazer pela pouca idade compensava em disposição e ouvidos atentos aos conselhos do pai que sempre foi um exemplo à ser seguido.

fazenda-gruta-azul-luizinho
Foto: Thiago Rezende

A primeira grande oportunidade

As conquistas também chegaram para o pai de Luizinho que se tornou gerente de uma fazenda no pantanal. O filho então ficou para continuar os estudos, cursando até o segundo ano do Ensino Médio.

Luizinho resolveu ir trabalhar com o pai e tornou-se capataz de fazenda aos 17 anos. “Eu tinha 15 anos quando eu fui trabalhar com ele. Trabalhei dos 15 aos 17 de peão, então o capataz dele saiu da fazenda, e ele estava procurando alguém, mas ele não olhava pra mim, porque eu era muito novo. Aí o patrão da fazenda, chamado Guilherme falou: porque você não coloca seu menino?

Saber lidar com pessoas é tão importante quanto cuidar do gado.

Luizinho conta que foi complicado o início do seu trabalho como capataz. O fato de ser praticamente um menino, para alguns, era critério de total exclusão para ocupar um cargo tão alto e tão exigente como é o de capataz. “Quando eu era peão junto com os caras, eles me adoravam, quando eu passei a ser chefe, vixe!” As dificuldades de lidar com todos era grande, mas hoje é só gratidão. “Eu agradeço essa dificuldade, porque aprendi a lidar com pessoas.

fazenda-gruta-azul-luizinho
Foto: Thiago Rezende

Um bom líder entende que cada indivíduo tem suas especificidades, nenhum é igual ao outro. Quando se encontra uma maneira de acessar cada integrante do seu grupo, naturalmente consegue-se melhores êxitos. Luizinho compreendeu desde cedo, que a diferença de um capataz comum e de um líder, esta na forma como se relaciona com seus subordinados. “Eu comecei a explorar o potencial de cada um. Saber mandar sem ofender, agradecer e fazer ele entender o que eu quero.”

fazenda-gruta-azul-luizinho
Foto: Thiago Rezende

Existe uma máxima que todo bom líder deve excluir de sua cabeça: “manda quem pode, obedece quem tem juízo.” Talvez seja esse um dos erros mais graves; quando se torna esse tipo de comportamento uma realidade. Luizinho é categórico em responder, quando perguntado sobre a máxima do manda quem pode. “Nunca consegui trabalhar assim.”

Após 8 anos trabalhando como capataz, Luizinho entendeu que havia chegado o momento de progredir ainda mais e de certa forma, sair da sombra do pai. “Meu pai era meu teto. Eu queria ser gerente, mas ele era gerente e eu não iria passar por cima dele.” O desejo de progresso fez com que Luizinho enxergasse na sua saída da fazenda uma solução, mas acabou por receber uma contraproposta. Para que não se desligasse do grupo Cactus, recebe a proposta de trabalhar na fazenda Gruta Azul como gerente de pecuária, sendo preparado para ser gerente geral.

fazenda-gruta-azul-luizinho
Foto: Thiago Rezende

Durante 2 anos permaneceu no cargo de gerente de pecuária e hoje é um excelente profissional, casado e pai de um filho de 4 anos, responsável por uma equipe de 20 pessoas que cuidam 6.200 hectares e mais de 8 mil cabeças de gado. As atividades são divididas com o gado, confinamento e um haras que acomoda cavalos da raça Quarto de Milha.

fazenda-gruta-azul-luizinho
Foto: Thiago Rezende

Gerenciando a fazenda

A propriedade que tem dedicação quase exclusiva para a pecuária, trabalha com formatos modernos de cria, recria e engorda. Hoje conta com um confinamento de quase 2 mil animais e recentemente construiu sua própria fábrica de ração, pois a idéia é aumentar a quantidade de animais confinados.

fazenda-gruta-azul-luizinho
Foto: Thiago Rezende

A fazenda conta também com animais Senepol, gado PO que serve de celeiro para os novos reprodutores da fazenda, pois entendem que a raça está adaptada ao centro-oeste brasileiro. A fazenda também é focada em produzir animais precoces e emprenha novilhas F1 entre 12 e 14 meses.

Uma das coisas que mais impressiona em Luzinho é o conhecimento que ele tem para falar de qualquer assunto relacionado à pecuária. Luizinho que tem segundo grau completo, conta que sempre buscou aprender com todos os tipos de profissionais e que um grande exemplo foi Marcelo Beretta, com quem trabalhou por nove anos. Além de aprender com consultores, médicos veterinários e outros profissionais com quem trabalhou durante os últimos anos.

fazenda-gruta-azul-luizinho
Foto: Thiago Rezende

Qualidade da informação

Outro ponto importante que Luizinho salientou foi a questão da qualidade da informação, disse que mantém contato com os capatazes de outras fazendas através do celular diariamente, e que as todas as informações – ficha de controle de sal, estoque de rebanho, mortes, nascimentos e saldo de suprimentos – são controladas por planilhas e que são passadas para os administradores da fazenda através da internet de fibra óptica que chega na propriedade através de cabos no subsolo.

fazenda-gruta-azul-luizinho
Foto: Thiago Rezende

Importância das novas gerações

Luizinho também ressalta a importância de se ensinar e mostrar aos mais jovens o trabalho no campo, pois entende que o êxodo rural é um grande inimigo das novas gerações – procuramos sempre ensinar os mais jovens pois peão bom está acabando e não podemos deixar isso acontecer.

TEM gosto por ensinar pessoas, porque entende que assim aprende ainda mais

 

PARTILHAR

Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.