Exportação de carne bovina cresce mais de 34%, confira!

Exportação de carne bovina cresce mais de 34%, confira!

PARTILHAR
carne embalada
Foto Divulgação

Média diária exportada de carne bovina in natura teve um aumento de 34,54% frente ao ano passado; O total embarcado de carne bovina in natura foi de 114 mil toneladas na terceira semana de maio.

Na terceira semana de maio, o total embarcado de carne bovina in natura foi de 114 mil toneladas, na qual a média diária ficou em 7,6 mil toneladas exportadas. Segundo a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio e Serviços (SECEX), a média diária teve um incremento de 34,54% se comparado com o ano anterior, que registrou uma média de 5,65 mil toneladas.

De acordo com o analista de mercado da Consultoria Agrifatto, Yago Travagini, a terceira semana teve um desempenho melhor que na segunda semana. “Estabilizamos na casa das 7 mil toneladas/dia e isso deve dar margem para atingirmos 150 mil toneladas exportadas no mês de maio/20. O melhor resultado para um mês de maio”, destacou. 

A radar Investimentos apontou que os dados da terceira segunda semana desaceleraram em relação às duas iniciais de maio. No entanto, o volume exportado de carne bovina do Brasil é historicamente alto para este mês.

“Caso este ritmo seja mantido, o embarcado total seria próximo de 152 mil toneladas. É válido ponderar que estas estimativas devem ter alterações com a contabilidade dos embarques desta semana”, informou.

Confira o gráfico de exportações brasileiras de carne bovina in natura, em mil toneladas.

Elaborado pela a Radar Investimentos

Os preços médios ficaram próximos de US$ 4.406,30 por tonelada, na qual teve um aumento de 13,58% se comparado ao mesmo período do ano anterior que registrou um valor médio de US$ 3.879,30 por tonelada.

 O valor negociado do produto para o produto foi US$ 502,622 mil na terceira semana de maio,  tendo em vista que o valor comercializado foi no ano passado foi de US$ 482,4 mil. A média diária ficou em US$ 33,508 mil e registrou um avanço de 52,81%, frente ao observado do ano passado que negociou a US$ 21,9 mil.

Fonte: Notícias Agrícolas

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com