Exportações de carne atinge menor nível em três anos

PARTILHAR
carcacas bovinas da raca angus
Foto: Roberto Barcellos

Segundo os dados divulgados pelo Cepea, as exportações de carne bovina em outubro ficaram abaixo de 100 mil toneladas pela primeira vez em mais de três anos.

Dados preliminares da Secex mostram que, em outubro, foram exportadas apenas 82,18 mil toneladas de carne bovina in natura, o menor volume desde junho de 2018, quando uma greve de caminheiros impediu que cargas saíssem dos frigoríficos e entrassem nos portos, limitando com força os embarques.

Pesquisadores do Cepea destacam, ainda, que é a primeira vez em pouco mais de três anos que as exportações brasileiras de carne bovina ficam abaixo de 100 mil toneladas. Segundo pesquisadores do Cepea, isso se deve à manutenção da suspensão dos envios da carne bovina brasileira à China, o maior destino internacional da proteína.

No mercado spot nacional, a demanda por novos lotes para abate se mantém baixa, e a entrada de animais de confinamento vem crescendo. Assim, em outubro, o Indicador do boi gordo CEPEA/B3 recuou 11,83%, encerrando o mês a R$ 257,10. No dia 28, especificamente, o Indicador chegou a fechar a R$ 254,10, o menor valor nominal desde o início de outubro de 2020.  

Fonte: Cepea

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com