Falta boi e preços devem subir mais, veja o que esperar!

Falta boi e preços devem subir mais, veja o que esperar!

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Oferta restrita pode continuar elevando preços; entenda; O preço da arroba do boi gordo subiu mais de R$ 3 em um único dia; Confira!

O preço da arroba do boi gordo subiu R$ 3 em um único dia no mercado à vista de São Paulo. De acordo com levantamento da consultoria Safras & Mercado, nesta quarta-feira, 10, o valor saltou de R$ 199 para R$ 202. 

Esse cenário é reflexo da dificuldade dos frigoríficos em compor a escala de abates. Ainda de acordo com a Safras & Mercado também houve valorização em Uberaba, Minas Gerais, onde os preços saíram de R$ 195 para R$ 198. Para o analista de mercado da consultoria Agrifatto Yago Travagini, o motivo da alta está relacionada a restrição de oferta de animais no período atual. 

“A oferta que já estava restrita ficou ainda maior nos últimos dois meses. A previsão para o curto prazo é que essa restrição continue, o que reflete diretamente nos preços. Os preços que normalmente caem durante a safra, esse ano não estão caindo. Mesmo com o cenário de pandemia, no mercado interno estamos vendo os preços atingindo R$ 200 a R$ 205, e para o boi China, há relatos de preços em R$ 210 a R$ 212 sendo pagos”, afirma o especialista.

O atual apagão de boiada gorda no mercado brasileiro fez a arroba se aproximar dos R$ 210, a prazo, no Noroeste de São Paulo, de acordo com dados apurados pela Informa Economics FNP.

“Os frigoríficos exportadores paulistas conseguem pagar valores mais altos devido à boa remuneração das vendas internacionais de carne bovina, consequência da valorização do dólar sobre o real em maio”, afirma a consultoria.

Os pecuaristas que têm o chamado “boi-China” (animais com idade de até 30 meses) recebem valores entre R$ 5 e R$ 10 mais altos em relação aos preços do gado padrão, informa a FNP.

Preços na Agrobrazil

Negócios informados no app da Agrobrazil, mostraram que os animais negociados parecem ter atingindo um novo patamar de preços, principalmente para animais com destino ao mercado de exportação.

Foi nessa atoada que a arroba em São Paulo, atingiu um novo recorde para o período e chegou a R$ 215. Segundo informações no app, os negócios ficaram da seguinte forma: Realizada em Araçatuba, pecuarista vendeu seu lote, de mais de 50 animais, por R$ 215 a arroba, com pagamento à vista e abate para o dia 16 de junho.

No mercado interno o boi gordo em Tacuru/MS, ficou cotado em R$ 192 à vista e abate para o dia 16 de junho. Em Teodoro Sampaio/SP, o valor foi de R$ 210/@ à vista e abate para o dia 12 de junho. Em Cezarina/GO, o valor foi de R$ 195/@ com prazo de 30 dias e abate para o dia 12 de junho.

Compre Rural com informações do FNP, Agriffato, Agência Safras e Agrobrazil

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com