Fim de semana: confira a previsão do tempo para as áreas de...

Fim de semana: confira a previsão do tempo para as áreas de soja do país

PARTILHAR
Foto: Carolina Lorencetti

Segundo os mapas da Somar Meteorologia, as poucas chuvas que alguns estados estavam recebendo, devem agora perder ainda mais intensidade e o tempo ficar firme.

Muitos produtores de soja estão apreensivos em relação ao clima, afinal, sem chuvas não dá para plantar. Sem falar no que já foi semeado, que sem água não germina ou desenvolve. As notícias não são muito boas para aqueles que não estão no Sul do país, afinal só lá deve ter bons volumes de chuvas nos próximos dias.

SUL

As chuvas devem chegar apenas no domingo para grande parte do Rio Grande do Sul. A exceção fica nos municípios na divisa do estado, que recebem algum volume já no sábado. O domingo segue com previsão de chuvas volumosas, na casa de 20 mm. E a partir dali, nos primeiros dias da próxima semana, devem reservar verdadeiros temporais para todo o estado.

Em Santa Catarina, na parte oeste, as chuvas chegam no domingo com volumes de até 18 mm acumulados. E a tendência é que as chuvas volumosas sigam durante toda a próxima semana. Já na parte leste, há previsão de garoa nesta sexta-feira e chuvas um pouco mais volumosas (6 mm) no domingo. Por lá a semana deve ser chuvosa, mas com volumes muito menores que a parte oeste, em torno de 8 mm.

No Paraná, chove isoladamente na região próxima a Ponta Grossa e Guarapuava, com 2 mm, desde esta sexta, até domingo. Nas demais áreas, as precipitações chegam só no domingo, com volumes de no máximo 6 mm. A próxima semana também será chuvosa para todo o estado, os grandes acumulados chegam na segunda-feira, com mais de 20 mm.

SUDESTE

Nas áreas de soja de São Paulo há previsão de chuvas desde esta sexta, até a próxima segunda-feira. Os volumes, no entanto, não devem ser tão grandes, em torno de 5 mm diários.

Em Minas Gerais ainda chove desde esta sexta-feira, até o domingo, com volumes bem inferiores aos dos últimos dias, na casa de 5 mm. A partir de segunda-feira a tendência é que o tempo fique mais seco em quase todo o estado.

CENTRO-OESTE

Em Mato Grosso do Sul chove desde esta sexta-feira, até domingo, na região de Cassilândia, mas com no máximo 2 mm diários. Nas demais áreas de soja as precipitações devem chegar apenas no domingo, também com baixos acumulados e persistir até segunda-feira. Na terça o tempo volta a ficar firme.

Em Mato Grosso a tendência é de algumas garoas até domingo, com os maiores acumulados previstos para Canarana (7 mm). Depois disso, na próxima semana, o tempo deve ficar seco em todo o estado.

Em Goiás estão previstas algumas garoas até domingo. Nada significativo, para desesperos dos produtores de soja do estado. Depois disso o tempo deve ficar seco e quente.

NORDESTE

As poucas chuvas que chegaram as áreas de soja da Bahia, Piauí e Maranhão começam a ir embora. Apesar de ainda ter chance de algum precipitação até domingo, os volumes não devem superar os 2 mm.

NORTE

Sexta-feira com previsão de chuva em boa parte da região Norte brasileira ainda sob a atuação de instabilidades tropicais. Serão pancadas rápidas e sem grande intensidade. A expectativa, no entanto, é de chuva um pouco mais significativa no sul de Rondônia devido instabilidades no interior do continente. O tempo firme predomina entre boa parte do Amapá e o norte do Pará devido a atuação de uma massa de ar seco que inibe a formação de instabilidades.

No sábado, a chuva volta a se espalhar por toda a região Norte, mesmo que em forma de pancadas rápidas, intercaladas com períodos de sol e calor.

No domingo, a expectativa ainda é de chuva, pelo menos sobre a maior parte da região devido instabilidades em níveis altos da atmosfera. Em Rondônia, há potencial para trovoadas. O que vale ressaltar é que a condição de chuva diminui sobre o leste do Tocantins devido a aproximação de uma massa de ar seco inibindo a formação de nuvens carregadas.

Fonte: Projeto Soja Brasil

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com