Frigoríficos estão ofertando maiores preços, confira!

Frigoríficos estão ofertando maiores preços, confira!

PARTILHAR
Foto Divulgação

Boi: Frigoríficos ofertam preços maiores na arroba para cumprir compromissos mais urgentes com exportação; Veja como ficou o fechamento do dia!

As ofertas de preços para a arroba estão com uma forte pressão altista diante da baixa disponibilidade de animais e com os frigoríficos precisam preencher as escalas de abate para atender a demanda externa. Na região de Platina/SP, o valor negociado para o animal com padrão exportação foi de R$ 220,00/@, a prazo com cinco dias úteis para pagar.

No aplicativo da Agrobrazil, os participantes informaram negócios para o Boi China na cidade de Avaré/SP ao redor de R$ 220,00/@, a prazo com sete dias para pagar e com data para o abate em 29 de junho. No município de Santa Fé de Goiás/GO, o valor negociado para o Boi China foi de R$ 210,00/@, a prazo com dez dias para pagar e com data para abater em26 de junho.

Segundo a Informa Economics FNP, os chineses seguem agressivos nas compras e as plantas habilitadas para exportação, além dos bons volumes embarcados, recebem margens atrativas pelas vendas. “Outros países situados no Oriente Médio e leste asiático também vem engrossado o fluxo das vendas externas”, pontuou.

No levantamento da Radar Investimentos o mercado físico do boi gordo em SP está firme e com preço de balcão entre R$210,00 e R$215,00/@, á vista. “As programações de abate seguiram apertadas e as exportações drenando boa parte da produção. Os preços subiram nos últimos dias, mas o volume ofertado de animais terminados segue restrito”, informou em seu acompanhamento diário de mercado.

A informa Economics destacou que apesar dos preços firmes, a liquidez no mercado interno é muito baixa. “Os lotes são oferecidos de forma pulverizada e os pecuaristas confinadores ou que ainda dispõe de melhores condições nos pastos, tem regulado a venda gado terminado sob alegação de dificuldades para arcar com os elevados custos com reposição”, comenta.

De acordo com a Consultoria Agrifatto, o mercado atacadista de carne bovina paulista continua operando com demanda fraca, as negociações estão praticamente travadas. “Pela forte retração das vendas no atacado, os frigoríficos que atendem majoritariamente o mercado interno continuam passando apertado, principalmente porque as indicações da arroba continuam firmes em todo o país”, destacou em seu relatório.

Mercado futuro

Nesta quarta-feira (24), as referências futuras para o boi gordo finalizaram a sessão com valorizações na Bolsa Brasileira (B3). O contrato Junho/20 terminou o dia cotado a R$ R$ 216,00/@ e com um ganho de 0,47%.

O julho/20 está precificado a R$ 218,00/@ e teve um aumento de 0,83%. Já o Agosto/20 encerrou o dia com um avanço de 0,70% e foi negociado a R$ 215,00/@ e o contrato Outubro/20 teve uma alta de 0,61% e está cotado a R$ 215,35/@.

Fonte: Notícias Agrícolas

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com