Gado raçudo é valorizado em leilões e produtor lucra mais

Gado raçudo é valorizado em leilões e produtor lucra mais

PARTILHAR
fazenda-luapa-leonardo-paladini
Foto: Faz Luapa

Produtor apostou em genética baseada em critérios raciais e pedigree e viu os resultados na hora da venda; gado raçudo foi comercializado em valor muito acima da média

Os preços da reposição nunca esteve tão alto como nos últimos tempos, os preços da arroba fizeram o ágio da bezerrada subir lá nas alturas. Mas os valores podem ser ainda mais altos se o pecuarista produzir animais racialmente enquadrados dentro do padrão da raça, neste caso aqui Nelore, do tipo “gado raçudo” como o pecuarista gosta de falar. O produtor Luis Antônio Paladini, da Fazenda Luapa em Cassilândia (MS) vem colhendo os frutos por enquadrar os animais nesse padrão.

Esta foto abaixo mostra o preço de venda de um lote de filhas do reprodutor da raça Nelore Hayajpati, vendido recentemente em Costa Rica (MS). É importante lembrar que saiu a R$ 1.000,00 por cabeça acima do preço de mercado dessa categoria, naquela região.

femeas nelore desmama valor leilao
Foto: Reprodução

“A nossa produção está acima da média, estamos bastante satisfeitos com os resultados e seguimos firmes com a raça Nelore, avaliação criteriosa sem sair do foco produtivo. Importante ressaltar que a cabeceira dessas bezerras ficaram na fazenda, para fazer reposição de matrizes” – lembrou Leonardo Paladini, filho do produtor.

Leonardo comenta que escolheu essa linha de trabalho há mais de dez anos, e que o padrão racial é uma exigência para entrar no rebanho da fazenda. O pecuarista diz ainda que mede todos os dados zootécnicos possíveis para comparar os produtos (bezerros) dos touros que eles usam na inseminação artificial em tempo fixo (IATF). “Nós sempre trabalhamos com gado comercial, por isso medir é essencial para o nosso negócio, todos os animais são identificados e conseguimos controlar toda a vida dele, separando os animais e sabendo o que é cabeceira, meio e fundo”.

O pecuarista já usou sêmen de animais com boas DEPs e DECA, tentando enxergar esses números nos resultados, mas que não conseguiu com a mesma consistência. Na hora de olhar os dados finais de desmama, os animais com racial apurados sempre ficavam na cabeceira do rebanho, e mantinham um padrão visual bem harmonioso. “Vimos que esse padrão racial consequentemente gerou uma padronização de carcaça, alta fertilidade e um lote homogêneo, o que na hora da venda faz toda a diferença”.

fazenda-luapa-leonardo-paladini
Foto: Faz Luapa

Lote homogêneo é sempre mais valorizado

“Precisamos olhar o animal por completo, tudo está correlacionado, inclusive a cabeça do animal. Eu vejo o pessoal falando que cabeça não paga a conta, mas se eu olhar a cabeça da rez é possível identificar se será um animal produtivo ou não, manter o racial bem caracterizado é parte essencial para o nosso rebanho, em time que está ganhando não se meche”.

Por fim ele diz que normalmente quando o seu gado vai ao leilão os criadores ficam de olho, pois sabem que as fêmeas raçudas servirão para fazer reposição de matrizes – no cenário atual, onde o pecuarista tem mandado para o frigorífico muitas fêmeas, esses animais tem mercado certo.

Foto: Faz Luapa

Região diferente, mesma realidade

“Aqui em Alagoas nós temos a mesma realidade de outros centros de Pecuária, um cliente vendeu no ano passado novilhas da raça Nelore em leilão a preço fixo de R$ 3.000, este ano animais do mesmo criador foram arrematadas por R$ 4.000. Existe uma carência por desmama de qualidade racial aqui no Nordeste, a procura é feita principalmente por criadores que estão formando ou aumentando o rebanho” – relatou o Méd. Veterinário Davi Soutinho de Maceió (AL).

Confira as considerações do Prof. e Médico Veterinário, Arley Coelho da Silveira, do Nelore Cabeceira sobre a importância de se produzir animais padronizados:

O melhor caminho para nos adequarmos ao mercado seria a produção em escala de produtos uniformes e de alta qualidade no caso de carcaças bovinas. Para isto há que se utilizar animais prepotentes nestes quesitos, o que só se consegue através da utilização de reprodutores com maior grau de pureza para produção dentro de bases econômicas.

Aqui o pedigree determina a qualidade que o produtor necessita para obtenção de maiores lucros de acordo com o seguinte:

  1. maior visibilidade para animais racialmente superiores;
  2. homogeneidade dos lotes;
  3. maior preço obtido no momento da venda;
  4. expansão da sua marca entre os compradores com disputa pelos produtos;
  5. maior rentabilidade e retorno financeiro relativo.

Matriz Nelore e sua importância

Por outro lado, no caso de reposição de fêmeas para o próprio rebanho estará agregando valor genético no seu processo de seleção de forma crescente e permanente. Enfim, utilizar touros raçadores que determinam PADRÃO ao invés de mestiços e outras variantes com produtos de maior variação fenotípica é a melhor forma de se conquistar este filão.


Touro usado na IATF do produtor, HAYAJPATI TE:

HAYAJPATI TE / Foto: Reprodução

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.