Genômica é fortalecida no mercado pecuário ao longo de 2021

PARTILHAR
Estância Silêncio / Foto: Everton Souza Marita

Programas da Conexão Delta G tiveram destaque durante o ano com inovações e recordes na produção; destaque para o programa Touro Jovem da entidade

O mercado pecuário vem nos últimos dois anos recuperando o fôlego de períodos de crise e experimenta um bom momento neste setor. A avaliação é da presidente da Conexão Delta G, Patricia Wolf. A entidade ao longo do ano colheu frutos do seu trabalho de seleção genômica, o que também refletiu aos associados em comercialização, em especial durante a Temporada de Primavera da Pecuária, tradicional período de vendas que mais um ano apresentou acréscimos na valorização dos preços.

Segundo Patrícia, o marco do ano foi o lançamento do primeiro sumário inteiramente genômico. Desde 2009 o projeto genômico junto com a Embrapa, GenSys e apoio da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) vem sendo desenvolvido, com um trabalho duro e árduo mas que tem rendido bons frutos. “A Conexão sempre teve como característica o pioneirismo e quando se apostou na avaliação das características de adaptação, fomos aperfeiçoando este trabalho. Este ano, devido à robustez do trabalho e a adesão das empresas associadas, conseguimos ter um volume de dados que permitiu que todas as características publicadas no Sumário de Touros fossem melhoradas pela genômica. Para nós é um marco muito importante e um passo que se deu com consistência que nos trouxe um ano histórico”, avalia.

Cada vez mais evoluídos, os dados se consagraram dentro do período de vendas de reprodutores. Conforme a presidente da Conexão Delta G, o mercado está valorizando mais os animais de genética, e pagando mais por reprodutores que têm mais confiabilidade de dados. “Os compradores cobram o detalhe, querem mais informações, e isto é muito bom porque a gente tem este respaldo do GenSys e da Embrapa para poder dar informações com mais segurança. Foi uma primavera muito boa, tivemos uma boa valorização, não teve muito acréscimo como em 2020 comparado à 2021 mas tivemos acréscimos que acompanharam todo o mercado da pecuária, com o terneiro valorizado, o gado gordo também e a genética não pode se desapegar disto”, destaca.

Outro passo importante é a consolidação cada vez maior do programa Touro Jovem, desenvolvido pela entidade. Este ano em tempo recorde foram produzidas cerca de 4 mil doses de sêmen dos animais selecionados para o programa. “O programa Touro Jovem vem tendo um crescimento muito grande e que sempre apostamos no seu conceito e nos últimos anos está estabelecido. É impressionante o número de animais de pontas provenientes do Touro Jovem. Temos animais de quatro e cinco gerações que estão de touros que vão para a central que são filhos, netos e bisnetos que foram ponteiros da Conexão e que passaram pelo Touro Jovem”, observa Patricia, acrescentando ainda que esse ano o GenSys também preparou a lista de vacas jovens. “O volume de vacas jovens filhas de touros jovens foi impressionante, onde tivemos cerca de 80% destas vacas que são filhas de touros jovens”, complementa.

Para 2022, de acordo com a presidente da Conexão Delta G, a proposta é cada vez mais consolidar os programas de melhoramento genético da entidade, além de prever uma alta procura por esta genética reconhecida dos associados da entidade. “Existe uma grande demanda do mercado. O mercado de sêmen não para de crescer”, conclui.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.